Depois de um treino tático na quarta, o Fluminense voltou às Laranjeiras na manhã desta quinta e Levir Culpi dirigiu um coletivo, que acabou empatado por 1 a 1, onde esboçou os titulares para o confronto de domingo, às 16h (de Brasília), no Mané Garrincha, em Brasília, diante do Palmeiras, válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A atividade contou com boas notícias para o técnico tricolor. Recuperado de uma entorse no tornozelo direito, sofrida ainda no primeiro tempo da partida do último domingo, no Recife, quando os cariocas, com um gol de Henrique Dourado, derrotaram o Santa Cruz por 1 a 0, o lateral-direito Wellington Silva trabalhou normalmente e não será problema.

Quem também estarão disponíveis são o volante Cícero e o atacante Marcos Júnior, após cumprirem suspensão de um jogo por terem recebido, cada um, o terceiro cartão amarelo. Dessa forma, Édson e Danilinho, titulares no final de semana, voltam a ser opções no banco de reservas

Não havendo quaisquer imprevistos de última hora, o Flu deverá ir a campo com a sua força máxima: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Henrique e Wlliiam Matheus; Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior, Henrique Dourado e Wellington.

O elenco ainda treinará no Rio de Janeironos próximos dois dias, viajando para Brasília somente na tarde de sábado.

O início do Brasileirão foi complicado e o Fluminense, inclusive, chegou a ser indicado a ser um daqueles que lutariam contra o rebaixamento, especialmente após a saída de Fred para o Atlético-MG. A diretoria, porém, resolveu investir etrouxe um total desete reforços: o lateral-esquerdo William Matheus, os meias Dudu, Marquinho, Claudio Aquino (argentino) e Alexis Rojas (paraguaio), além dos atacantes Maranhão e Henrique Dourado.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Com isso, o time reagiu e passou a ter, como principal foco, encerrar o certame com um lugar no G-4, que garantiria presença na Taça Libertadores do ano que vem. No momento, o Tricolor, que tem um jogo a menos em relação à maioria dos demais participantes, a ser cumprido no próximo dia 03 de setembro, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, no Grande Rio, ocupa o nono lugar, somando 31 pontos, seis atrás do quarto colocado, o Flamengo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo