A torcida do Corinthians continua desconfiada quanto aos dirigentes do clube. Essa desconfiança é gerada por falta de contratações. Contudo, a diretoria afirma que não tem condições de investir altos valores na compra de um novo atleta.

Toda essa confusão que envolve os dirigentes do Timão e a torcida, foi gerada logo após os grandes jogadores como Renato Augusto, Jadson, Gil, Felipe, Malcon e até mesmo o Vagner Love deixarem a equipe. Com essas baixas, todos esperavam que a diretoria alvinegra conseguisse repor todas as peças à altura, entretanto, não foi exatamente isso que aconteceu.

Publicidade
Publicidade

Chegaram alguns jogadores para substituírem os campeões brasileiros, mas, nenhum nome de peso foi anunciado. Dentre eles, o meia-atacante Marquinhos Gabriel foi o jogador que mais agradou a torcida. Outros jogadores foram contratados para a equipe, que, naquela época, era comandada pelo técnico Tite, agora na Seleção Brasileira de Futebol. Além de Marquinhos, o Timão trouxe Giovanni Augusto, André, Marlone e Alan Mineiro, que foi emprestado e está atuando no América-MG.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Corinthians

Nesta semana, uma longa novela parece que chegou ao fim, já que o Torino desistiu de tirar o volante Bruno Henrique do Corinthians. Se com os outros jogadores que já deixaram a equipe a diretoria não fez esforço para segurá-los, com o volante a história foi completamente diferente.

O clube paulista pediu um valor fixo de R$ 14 milhões para negociá-lo, contudo, o clube italiano só ofereceu um valor equivalente a R$ 7 milhões. Em entrevista, Cristóvão deixou bem claro que queria a permanência do jogador em sua equipe.

Publicidade

Para isso, o treinador alvinegro o convenceu a ficar, mas caso o Torino chegasse a oferecer os R$ 14 milhões exigidos pelo Corinthians, o atleta iria para o futebol Europeu. Vale lembrar que, desta quantia, o Timão só ficaria com um total de 25%.

Agora, com a negociação praticamente descartada, o clube de parque São Jorge volta a pensar em sua renovação de contrato. O único entrave na extensão do vínculo, é a parte de seus direitos que estão ligados ao banco BMG.

Mesmo contratando pouco, o Corinthians tenta se assegurar na parte de cima do Campeonato Brasileiro. Para seguir entre os quatro primeiros, o clube paulista terá que bater o Cruzeiro no Pacaembu. A partida acontecerá nesta segunda-feira (08).

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo