No início da tarde desta quarta, o Fluminense informou, através de seu site oficial, que está liberada a venda de ingressos para o jogo de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil, que acontecerá na próxima quarta, às 21h45 (de Brasília), no Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, no Grande Rio, diante do Corinthians.

Como de praxe, somente os associados terão direito a fazer a sua compra nesse momento inicial. Para isso basta acessar o Portal do Sócio (www.sociofutebol.com). Já as entradas para o chamado "torcedor comum" estarão disponíveis a partir de sábado, das 10 às 17h, nos seguintes postos.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Corinthians

- Loja Torcedor Carioca - Rio Shopping (Jacarepaguá);

- HSport - Shopping Via Parque (Barra da Tijuca) e Rua Conde de Bonfim, nº 685 (Tijuca);

- Loja Fanáticos (Araruama);

- Sede oficial do Fluminense Football Club (Laranjeiras); e

- Bilheterias do Giulite Coutinho.

Para a torcida do Fluminense, haverá bilhetes para os Setores A (R$ 60), B (R$ 50) e C (R$ 40). Já o Setor D, também custando R$ 40, ficará reservado exclusivamente aos corintianos, que, segundo determinação do GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) só deverão ter 5% da carga total de ingressos. Estudantes, idosos e crianças até 12 anos, de acordo com a Lei Estadual nº 2.519/1996, terão direito á meia-entrada.

Esta será a segunda vez que Fluminense e Corinthians se enfrentarão na atual temporada. A primeira foi no dia 16 de junho, no Mané Garrincha, em Brasília. Na ocasião, o clássico fazia parte da oitava rodada do Campeonato Brasileiro e, com um gol de Cícero, de pênalti, aos 16 minutos do segundo tempo, o Tricolor derrotou o rival por 1 a 0.

Desde o surgimento da Copa do Brasil, em 1989, o Corinthians levantou a taça nos anos de 1995, 2002 e 2009.

Os melhores vídeos do dia

Além disso, ficou com os vices de 2001, perdendo para o Grêmio e 2008, sucumbindo ao Sport, do Recife. Já o Fluminense se sagrou campeão do torneio em 2007, mas acabou saindo derrotado pelo Internacional em 1992 e para o surpreendente Paulista, de Jundiaí, em 2005.