Com o gol sofrido pelo Corinthians no triunfo da equipe paulista sobre o Vitória na noite de segunda, em São Paulo, por 2 a 1, o Fluminense se tornou, no momento, a defesa menos vazada do Campeonato Brasileiro. Em 20 rodadas, a equipe das Laranjeiras teve as suas redes vazadas pelos adversárias somente em 18 ocasiões. Para o técnico Levir Culpi, isso é um motivo de satisfação, ainda mais tratando-se de um setor que, há muitos anos, é alvo de críticas tanto por parte da imprensa quanto da torcida.

"A gente tem uma certa tranquilidade com o sistema defensivo, está muito equilibrado, praticamente a mesma formação, então os jogadores se entendem um pouco melhor. Ainda para melhorar nosso próprio sistema defensivo", disse o comandante, que, no entanto, demonstra preocupação em melhorar a parte ofensiva.

"Eu quero melhorar mais para frente do que para trás", acrescentou.

Por enquanto, o Flu é o terceiro pior ataque do Brasileirão, marcando apenas 20 gols.

Os dois últimos vieram dos pés de Henrique Dourado. Segundo o centroavante, que estava no futebol português e veio na última janela de transferências internacionais para o lugar de Fred (negociado ao Atlético-MG), existe, realmente, a necessidade de se ter mais capricho na hora da finalizações, mas acredita que o time esteja no caminho certo para atingir os seus objetivos na temporada.

"Ainda falta muita coisa, mas estamos no caminho certo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Temos tudo para subir ainda mais", avisou o camisa 89.

Depois das vitórias sobre o América-MG, em Cariacica, no Espírito Santo e o Santa Cruz, no Recife, em Pernambuco, o Fluminense se aproximou bastante do G-4. Atualmente, soma 31 pontos, seis a menos em relação ao Flamengo, última agremiação que, se o campeonato estivesse acabado, garantiria presença na próxima edição da Taça Libertadores da América.

No domingo, o Tricolor, porém, terá um compromisso bem difícil a partir das 16h (de Brasília). Enfrentará o líder Palmeiras. Atendendo a uma determinação do GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) do Rio de não haver partidas de futebol nesse estado durante o mês de agosto, o clássico nacional será realizado no Mané Garrincha, em Brasília.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo