Com um belo voleio de canhota, Henrique Dourado marcou o seu primeiro gol com a camisa do Fluminense e assegurou a vitória de 1 a 0 da equipe sobre o América-MG na manhã do último domingo, em partida realizada no estádio Kléber Andrade, localizado na cidade de Cariacica, região metropolitana de Vitória, capital do Espírito Santo, na abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Logo após a partida, o atacante concedeu uma entrevista ao portal Net Flu, onde agradeceu a Deus por ter balançado as redes após quatro jogos pelo Tricolor das Laranjeiras e revelou que estava sendo bastante cobrado, especialmente pelo seu filho.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal PaixãoPorFutebol

"Glorifico a Deus por ter ajudado meus companheiros. É uma vitória coletiva, valeu o empenho e a dedicação de todos nós. Meu menino já vinha me cobrando: 'Papai, papai, tem que fazer gol'", disse.

O feito poderia ter sido melhor se o centroavante não tivesse desperdiçado uma oportunidade clara ao receber passe de calcanhar de Wellington e, livre, chutar para fora. O camisa 89 explicou o porquê de ter perdido aquela chance.

"Ali foi uma grande jogada do Wellington. Na hora que ele tocou de letra, eu quis ter a rapidez de bater cruzado no canto contrário do goleiro. Infelizmente, peguei mal na bola. É um gol ali que lamentei muito de ter perdido, mas faz parte. Importante que a equipe venceu", justificou o atleta. 

Com 26 anos, Henrique Dourado nasceu em Guarulhos, na Grande São Paulo. Ao longo da sua carreira profissional, passou por grandes clubes do futebol brasileiro, como Santos, Portuguesa, Cruzeiro e Palmeiras. Estava no Vitória de Guimarães, de Portugal até o meio desse ano, quando foi trazido pelo Fluminense para substituir o ídolo Fred, que, depois de sete temporadas na agremiação do Rio de Janeiro, transferiu-se para o Atlético-MG.

Os melhores vídeos do dia

Mantendo o ritual desde que Levir Culpi assumiu o comando-técnico, os jogadores se reapresentaram às 9h (de Brasília) desta segunda. Enquanto os titulares ficaram na academia para um trabalho regenerativo, os suplentes foram a campo e disputaram um jogo-treino, derrotando o Nova Iguaçu, equipe da Série B do Campeonato Carioca, pelo placar de 2 a 1. Édson e Marquinhos fizeram os gols do Flu. Adriano descontou para o time da Baixada. Na terça, o grupo está de folga.

Em nono lugar com 28 pontos, o Fluminense volta a atuar pelo Brasileirão no domingo que vem, a partir das 16h (de Brasília), no Gigante do Arruda, em Recife, encarando o Santa Cruz.