Nossa saga de barracos envolvendo Jady Duarte, que agora usa o nome Jady Bolt, continua e parece que não vai parar tão cedo. A estudante continua a causar e agora virou caso de polícia. De acordo com informações do jornal carioca Extra em matéria publicada nesta terça-feira, 23, jornalista do tabloide britânico 'The Sun' se revoltaram com a jovem. Eles ficaram tão irritados que decidiram fazer um registro de ocorrência na Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat), no Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Segundo o Extra, o jornal "gringo" tinha um acordo de exclusividade com a moça que no passado teria um relacionamento com um traficante, já assassinado. Ela negou que seja a mulher de Diná, morto em março pela Polícia. 

Além da entrevista, o tabloide britânico pagaria por uma sessão de fotos.

O problema é que Duarte já deu entrevista para diversas publicações, o que acaba sendo quebra de contrato e faz também o jornal ter menos apelo. Os jornalistas não chegaram a fazer o pagamento, que seria efetuado à uma intermediária. Isso, é claro, causou uma grande confusão. De acordo com o jornal Extra, o tempo fechou entre os "empresários" da "senhora Bolt" e os repórteres "gringos", que não aceitaram serem passados para trás. 

Discussão sobre contrato

A moça foi capa nos últimos dias nos principais jornais e sites do mundo. A Delegacia teria feito o registro do caso como atípico, alegando que agentes da delegacia entenderam que não houve qualquer crime por qualquer uma das partes. Mesmo assim, a polícia deve ouvir o depoimento de Jady Duarte nos próximos dias. A situação é mais caracterizada como falta de boa fé.

Os melhores vídeos do dia

No entanto, como não houve qualquer pagamento, até mesmo um processo seria complexo. 

Os jornalistas do 'The Sun', no entanto, tiveram a reação fatal para que Jady não faça mais isso com a imprensa. A estudante, que agora até faz presença vip em festa, não comentou as especulações feitas pelo Extra, que nesta segunda-feira, 22, já havia trago ela na sua capa impressa.