A CBF e a comissão técnica do Brasil estão com dificuldades em enquadrar o atleta Neymar na seleção de #Futebol do país. O clima ficou ainda mais tenso depois do jogo contra a África do Sul que aconteceu na última quinta, 04, onde o placar foi 0 X 0, e do confronto contra o Iraque realizado no domingo, 07. O Brasil não está nada bem na competição e mudanças são necessárias.

Alguns integrantes da delegação fizeram queixas sobre a liderança de Neymar. As reclamações são que a comissão técnica está dando muita liberdade para o atleta no comando da seleção, para os demais, o técnico deveria ter mais pulso no comando do time. Segundo a reportagem do UOL, Neymar não tem a mesma conduta nos jogos realizados pelo seu clube, o Barcelona. 

Os atletas já estão perdendo a confiança na liderança do técnico Rogério Micale.

Ele que sempre acompanha os jogos na lateral do campo, ficou sentado em boa parte da partida contra o Iraque.

O grupo aceitou bem a escolha de Neymar para usar a braçadeira da seleção brasileira nas #Olimpíadas antes dos jogos, mesmo achando que o capitão seria Fernando Prass, mas esse acabou de fora do torneio. O técnico já não inspirou confiança desde as preparações ao declarar que ficaria feliz em depender do capitão e que se Neymar estivesse bem, todos estariam também.

Os jogadores, além de não estrem totalmente satisfeitos com Neymar, nem com a comissão técnica, também tem declarado estarem descontentes com as táticas usadas pela equipe. Nessa formação o Brasil tem jogado exposto demais, isso deixa alguns atletas com funções cumuladas e acaba resultando em penalidades, como ocorreu com Thiago Maia ao fazer muitas faltas no jogo do Iraque.

Os melhores vídeos do dia

Utilizar um sistema ofensivos com quatro jogadores na linha de ataque deixa a defesa vulnerável. Rodrigo Caio declarou em uma entrevista que já havia alertado os comandantes sobre o fato. Outra reclamação é a posição do jogador Zeca, ele que atua no Santos na ponta esquerda, está defendendo a seleção como lateral direito. A ideia é que ele seja substituído por William no jogo contra a Dinamarca

Renato Augusto que recebeu muitas críticas do grupo também não está satisfeito com o desempenho do time. Ele admitiu que saiu do seu posicionamento durante o jogo contra o Iraque, 0 X 0, sem autorização do técnico, com quem teve uma conversa depois.  #Rio2016