No seu dia, os pais tricolores receberam um belo presente. No Kléber Andrade, em Cariacica, região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo, o Fluminense conseguiu um importante resultado ao derrotar o América-MG por 1 a 0 pela 20ª rodada, a primeira do segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Com mais esses três pontos, a equipe das Laranjeiras chegou aos 28 e subiu para o nono lugar da competição. Por outro lado, o Coelho vê o fantasma do rebaixamento ser cada vez mais real.

Publicidade
Publicidade

Somando apenas 13 pontos, permanece na lanterna.

Na próxima sexta, às 21h30 (de Brasília), o América-MG recebe, na Arena Independência, em Belo Horizonte, a Chapecoense. No domingo, a partir das 16h (de Brasília), será a vez do Fluminense ir ao Gigante do Arruda, no Recife, para encarar o Santa Cruz.

Tendo o apoio maciço de sua torcida, presente em bom número ao estádio capixaba, o Fluminense inciou pressionando. Aos 20 minutos, em lance genial, Gustavo Scarpa viu João Ricardo adiantado e, do meio-de-campo, tentou encobrir o goleiro do América-MG.

Publicidade

A bola, porém, saiu rente à trave esquerda.

Com o passar do tempo, o time mineiro, que tinha, como estratégia, uma forte marcação e aposta nos contra-ataques, equilibrou as ações. Aos 40, deu o seu primeiro chute. Matheusinho recebe na direita e arrisca no canto, obrigando Diego Cavalieri a fazer um boa defesa.

Antes do intervalo, Scarpa recebeu pela direita e cruzou na área. Livre, Wellington dominou com o peito e tocou para o fundo das redes.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

O auxiliar José Eduardo Calza, do Rio Grande do Sul, porém, de maneira equivocada, marcou impedimento, anulando o gol do Tricolor.

Para sorte do trio de arbitragem, logo no segundo minuto da etapa complementar, Henrique Dourado, com um sem-pulo de canhota, aproveitou um cruzamento do lateral-esquerdo William Matheus para colocar o Fluminense em vantagem. Aos 29, o centroavante poderia ter ampliado ao receber livre, dentro da área, um belo passe de calcanhar de Wellington, mas finalizou errado, desperdiçando a oportunidade.

Após o apito final do gaúcho Diego Almeida, comemoração nas arquibancadas do Kléber Andrade e a esperança de dias ainda melhores para o Fluminense, contrastando com o desespero do América-MG de ver, cada vez mais próxima, a Série B do Brasileirão.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo