As saídas de Jonathan Calleri e Alan Kardec deixaram o São Paulo com poucas opções de atletas para utilizar na frente. Apesar de ter contratado o argentino Andrés Chávez a pedido do ex-técnico Edgardo Bauza, o tricolor continua sem boas alternativas de reposições no ataque do elenco, agora comandado por Ricardo Gomes. 

Por isso o tricolor sonda a situação de um jogador do Corinthians. Contratado para ficar no time de Parque São Jorge até o fim deste ano e fora dos planos de Cristóvão Borges, Rildo pode trocar o alvinegro pelo Soberano nos próximos dias.

Publicidade
Publicidade

A janela de transferências nacionais na Série A do nacional se encerra dia 16 de setembro. 

Por ter jogado apenas duas partidas e só 26 minutos nesta edição do Campeonato Brasileiro vestindo a camisa do rival do São Paulo, o atleta está liberado para ser relacionado por Ricardo Gomes para atacar pelo tricolor no restante da temporada. Se a urgente necessidade são-paulina for reconhecida pelos dirigentes do clube, provavelmente será nova opção para o treinador do Soberano.

Publicidade

Em entrevista coletiva o técnico do Corinthians demonstrou que há, de fato, a possibilidade de Rildo deixar seu elenco nos próximos dias. Afirmando que seu desejo é poder contar com todos, o treinador admitiu que nem sempre, até por questões contratuais, pode ter priorizados os seus planejamentos. 

Na partida em que o Corinthians goleou o Flamengo por 4 a 0, no Itaquerão, dia 3 de julho, pela 13ª rodada do Brasileirão; o atacante foi responsável por um dos gols após deixar o banco de reservas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

O tento marcado em casa deu ao atleta esperanças de que, a partir dali, pudesse ser mais utilizado por Cristóvão Borges, mas o treinador continuou preferindo não relacionar o jogador para as partidas subsequentes, exceto no dia 17, novamente no estádio da Zona Leste, quando Rildo, novamente deixando o banco de reservas, entrou em campo no clássico contra o São Paulo. O jogo, válido pela 15ª rodada do torneio nacional, terminou empatado em 1 a 1.

Se tivesse a pretensão de manter o atacante - vindo da Ponte Preta na metade do ano passado - no grupo de Borges, a diretoria corintiana teria de pagar cerca de R$ 4,8 milhões (US$ 1,5 mi) pela aquisição de 80% dos direitos econômicos do jogador.

Revelando não ter interesse em bancar essa quantia, o clube alvinegro não deve impedir que o atleta se transfira para outro clube ainda nesta temporada.

Rildo foi contratado para ficar com a vaga de Malcom, mas uma lesão no ombro esquerdo, que também resultou em uma infecção pós cirurgia, o tirou dos gramados. Neste ano, desfalcou o time de Parque São Jorge durante o Campeonato Paulista, em abril, após torcer o tornozelo esquerdo durante um coletivo no CT Joaquim Grava.

Publicidade

Desta vez, ficou fora de campo por dois meses até reaparecer no dia 3 de julho.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo