O Benfica vai conseguir ganhar ao Tondela na primeira jornada do Campeonato português, se as suas queixas quando à qualidade do gramado forem confirmadas pela Federação Portuguesa de Futebol, tal como está presente no artigo 94 do regulamento. Como informa o jornal “Record”, o Benfica garantiu que não vai se apresentar para o jogo do próximo final de semana, caso as condições do estádio não sejam rapidamente resolvidas. A decisão parece ser definitiva, mas se o clube até pode ganhar sem jogar, a verdade é que se as queixas não forem provadas, o Benfica pode perder de “2 até 5 pontos” por falta não justificada.

O Campeonato Português ainda nem sequer começou e as polêmicas já são muitas.

Depois da importante vitória na Supercopa portuguesa contra o Braga, a direção do Benfica informou publicamente que o time não se apresentaria em Tondela, onde o estádio, segundo o Benfica, não apresenta o mínimo de condições necessárias para receber um jogo da Primeira Liga portuguesa.

Tal como descobriu o jornal “Record”, há uma regra surpreendente que até pode dar razão ao Benfica e fazer com que o Tondela perca automaticamente o jogo. Se o jogo não for realizado por falta de condições, segurança ou equipamentos o time da casa sofreria imediatamente uma derrota. Porém, a decisão do Benfica, além de ser única no futebol português, tem enormes riscos, pois o atual Campeão português pode perder três pontos logo na primeira jornada por não se apresentar à hora do jogo.

Nas redes sociais, muitos portugueses, sobretudo das torcidas rivais, garantem estar chocados por essa regra que era totalmente desconhecida por milhares de portugueses.

Os melhores vídeos do dia

Ainda assim, e apesar de toda a polêmica que essa situação está causando no início de mais um Campeonato Português, a Liga Portuguesa e o Tondela estão tentando ao máximo resolver esse problema, que pode perfeitamente fazer com que o jogo tenha que ser adiado ou mudado para um estádio que ofereça melhores condições para se jogar futebol profissional, não fazendo com que a saúde dos jogadores seja posta em causa.