Certamente o ex-jogador Ronaldo Fenômeno deverá ser o centro das atenções da mídia esportiva mundial nos próximos tempos. Tudo porque o brasileiro, ao ser convidado pela emissora FATV para escolher os 11 melhores jogadores de todos os tempos, montou uma lista onde não figura o português Cristiano Ronaldo. Nessa relação, o ex-atacante da Seleção Brasileira colocou o seu próprio nome, além de jogadores como o goleiro da Seleção Italiana Buffon e o argentino Lionel Messi do Barcelona.

Jogadores lendários como Pelé e Maradona também fazem parte da lista.

Apesar de Ronaldo ter jogado no Real Madrid de 2002 a 2007, não considerou importante indicar CR7, o maior jogador do clube merengue na atualidade, para a sua lista dos 11 melhores de todos os tempos. No entanto, ex-jogadores como Zidane e Canavarro foram incluídos na relação de Ronaldo.

Embora o ex-atacante da Seleção Brasileira e do Real Madrid reconheça em Messi um potencial maior do que em Cristiano Ronaldo para figurar na sua lista dos 11 mais, admite que em 2016 o português leva vantagem em relação ao argentino na disputa pela Bola de Ouro, pois teve mais conquistas e venceu as principais competições da Europa.

Na lista final de Ronaldo Nazário, quanto aos jogadores que considera como sendo os melhores de sempre, figuram os seguintes nomes: Buffon, Cafu, Maldini, Canavarro, Roberto Carlos, Maradona, Zidane, Pirlo, Messi, Pelé e Ronaldo.

Sem dúvida que essas escolhas darão margem para muita polêmica, pois muitos irão questionar a ausência de nomes, além do CR7, que são praticamente uma unanimidade na história do Futebol mundial, como o do atacante holandês Van Basten, que jogou no Milan da Itália e é considerado por muitos como um dos maiores centroavantes da história recente do futebol.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

E se o Ronaldo  decidiu colocar o Pelé na sua lista, muitos se questionarão porque não terá incluído o fenomenal Garrincha ou o baixinho Romário, tão decisivo no Tetracampeonato da Copa do Mundo dos Estados Unidos para a Seleção Brasileira.

Ronaldinho Gaúcho, tido e havido por muitos como a última verdadeira expressão do futebol arte do Brasil, também é outro nome que inexplicavelmente não consta da lista do ex-jogador do Real Madrid e da Seleção Brasileira.

Por tudo isso, é fácil imaginar o quanto essas escolhas do Ronaldo Nazário darão o que falar nos próximos dias.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo