Em certo momento de sua carreira, o melhor competidor de natação da Olimpíada de 1996, o russo Alexandre Popov imortalizou a seguinte frase sobre os Jogos Olímpicos e seus atletas de todo o mundo: “quem quer que esteja fisicamente bem preparado pode fazer coisas incríveis com seu corpo. Mas quem junta a um corpo em forma uma cabeça bem cuidada é capaz de feitos excepcionais”. E é exatamente isso que os admiradores dos jogos estão podendo constatar desde a abertura oficial das competições na sexta-feira, dia 5 de agosto no Brasil

Entretanto, foi nesse domingo, como que simbolizado por um presente dos deuses, que o país “inventor” das Olimpíadas, a Grécia, foi agraciado, quando uma das suas mais belas e talentosas atletas presentes no Rio 2016 ganhou a medalha de bronze na prova de pistola de ar de 10 metros.

O nome da competidora grega é Anna Korakáki que tem somente vinte anos de idade, mas teve a honra inesquecível de ocupar a 3ª colocação no pódio das Olimpíadas na cidade do Rio de Janeiro. 

Coube à garota Korokáki conquistar para o país criador das Olimpíadas, a 1ª medalha em um esporte tão diferenciado e isso, depois de quase 100 anos, pois desde 1920, os gregos não conseguiam nenhuma medalha nas provas de tiro. A última conquista nessa modalidade foi em 1920, quando a equipe olímpica da Grécia, conseguiu ganhar a medalha de prata nas provas da pistola automática de 30 metros. 

A grega Anna Korakáki conseguiu demonstrar logo nos seus primeiros disparos dos 20 aos quais tinha direito, um impressionante controle emocional, provando que era uma séria candidata a ficar com uma das medalhas do pódio e não deu outra, no final da competição a atiradora grega, conseguiu fazer o somatório final de 177,7 pontos. 

Essa é a 1ª vez que a competidora grega se faz presente em uma Olimpíada, o que torna o sabor de sua vitória ainda mais delicioso.

Os melhores vídeos do dia

A jovem grega Anna, como já mencionado tem 20 anos e é aluna do curso de educação especial, pertencendo ao plantel de atletas do clube Orion em Tessalônica. Korakáki é treinada diretamente pelo seu pai Tassos, esse último sendo atuante no quadro das Forças de Segurança Especial da Grécia

Listagem dos resultados da final de pistola de ar de 10 metros 

  1. Mengkxoye Tzangk (China): 199.4m - recorde olímpico
  2. Bitalina Mpatsaraskina (Rússia): 197.1m
  3. Anna Korakaki (Grécia): 177.7m
  4. Alechandra Sabala Vázquez (México): 157.1m
  5. Afaf Elchontchont (Egito): 137,1m
  6. Sonia Franket (Espanha): 116,5m
  7. Mpompana Belitskobits (Sérvia): 96,4m
  8. Ekaterina Korsoynoba (Rússia): 73,5m