Atendendo a um pedido de Tite, a Confederação Brasileira de futebol (CBF) vem trabalhando firme nos bastidores com o intuito de levar alguns jogos da Seleção nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, para as cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Segundo informações não-oficiais, a postura da entidade se deve, além de satisfazer o desejo do treinador, pelo carinho recebido durante o torneio de futebol masculino das últimas Olimpíadas.

Publicidade
Publicidade

Na ocasião, o Brasil esteve na Arena Corinthians, na capital paulista, pelas semifinais e venceu a Colômbia por 2 a 0, garantindo presença na decisão, na qual, diante de um Maracanã com mais de 70 mil pagantes, assegurou o inédito ouro na modalidade ao derrotar, nos pênaltis, a Alemanha pelo placar de 5 a 4, depois de um empate de 1 a 1 no tempo normal.

Confirmando-se o seu intento, a CBF escolheria dois dos três últimos jogos pelas Eliminatórias, todos no ano que vem: Paraguai (março), Equador (agosto) e Chile (outubro).

Publicidade

O confronto, que restasse, deve ser levado para a Arena Pantanal, em Cuiabá, no Mato Grosso. A definição sobre esse assunto está prevista para o final do mês de dezembro de 2016. Até o momento, estão confirmados a Arena das Dunas no próximo dia 09 de outubro e o Mineirão, em novembro, quando a Seleção Brasileira encara, respectivamente, a Bolívia e a Argentina.

Depois de um momento bastante turbulento, quando chegou a ocupar o sexto lugar na classificação, o Brasil reagiu nas Eliminatórias ao vencer o Equador por 3 a 0, em Quito, acabando com um jejum de aproximadamente 30 anos sem vencer na capital daquele país e, na Arena da Amazônia, mesmo com grandes dificuldades, bater a Colômbia pelo placar de 2 a 1.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Seleção Brasileira

Graças aos 100% de aproveitamento nessa sequência o escrete canarinho chegou aos 15 pontos, subindo para a vice-liderança do torneio sul-americano, que dá quatro vagas diretas para o Mundial na Rússia, além de possibilitar ao quinto o direito de disputar uma repescagem contra o vencedor da Oceania.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo