O "Cheirinho" permanece firme na Gávea. Em mais uma atuação segura, o Flamengo obteve nova vitória no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, na abertura da 24ª rodada da principal competição do futebol nacional, o Rubro-Negro foi ao Barradão, em Salvador e, de virada, derrotou o Vitória pelo placar de 2 a 1.

Com esse resultado, o "Mais Querido" se igualou ao Palmeiras nos 46 pontos e torce para o Alviverde de Palestra Itália perder para o Grêmio na noite de domingo, em Porto Alegre.

Caso isso aconteça, poderá assumir a liderança isolada da Série A na quarta, às 21h45 (de Brasília), quando enfrenta os próprios paulistas na casa deles. Por outro lado, a equipe baiana, com 26 pontos, permanece em 18º lugar, ameaçado pelo rebaixamento.

O início, porém, não foi promissor para os cariocas. Tendo uma forte marcação no setor de meio-campo, o Vitória dominou as ações e, em duas oportunidades, quase abriu o placar com Kieza e Serginho.

Gabriel, em uma finalização de longe, tentou levar o Flamengo à reação, mas, aos 21 minutos, uma finalização ruim de Diego Renan acabou tornando-se uma passe para Zé Love. Mostrando oportunismo, o estreante da noite se antecipou a Jorge e, de pé direito, abriu o placar para os donos da casa.

Mesmo com a vantagem, o Vitória permaneceu melhor, mas permitiu uma subida de produção do Flamengo, o que acabou sendo fatal aos 43 minutos, quando Pará avançou pela direita e cruzou na cabeça de Fernandinho.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol

Com uma testada firme, o atacante mandou no canto esquerdo, sem qualquer oportunidade de defesa para Caíque.

O segundo tempo começou equilibrado. Aos 12 minutos, Zé Ricardo usou sua primeira substituição, colocando Alan Patrick na vaga de Fernandinho. O prêmio veio aos 14. Depois de tabelar com Diego, Gabriel entrou livre na área e, com tranquilidade, esperou a saída de Caíque para estufar as redes: Flamengo 2 a 1.

O gol sofrido abalou o Vitória, que, de maneira desordenada, tentou o empate, mas teve qualquer tipo de reação encerrada aos 27 minutos com o cartão vermelho dado a Diego Renan. Com o revés, Vagner Mancini acabou sendo demitido no vestiário e não é mais o técnico do Rubro-Negro Baiano, que, na quinta, irá ao Beira-Rio, em Porto Alegre, para encarar o Internacional.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo