Sem o Maracanã ao longo do Campeonato Brasileiro inteiro por conta dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paralímpicos, o Fluminense buscou em Edson Passos um local para mandar suas partidas no Rio de Janeiro, uma vez que Volta Redonda não vinha levando a torcida tricolor às arquibancadas.

Com um investimento pequeno, em torno de R$ 700.000,00 para atender algumas exigências de segurança e para reformar o gramado (ficou um tapete) e com estação de trem na porta, os dirigentes do clube apostaram no sucesso da empreitada.

Publicidade
Publicidade

E foram muito felizes.

O estádio tem sido um aliado do time em campo, um talismã. Um pouco pela proximidade da torcida em relação ao campo, o que permite pressão em cima do adversário e contagiar com empolgação e alegria o time do Fluminense em campo. A nostalgia dos velhos estádios cheios (a capacidade do estádio é pequena e permite lotar facilmente), assistir jogo em pé na arquibancada de cimento, cerveja liberada no entorno e dentro do estádio, tudo isso cria um ambiente propicio aos torcedores mais fanáticos e empolgados.

Publicidade

E tem dado certo. O Fluminense ainda não perdeu no estádio e arrancou uma virada e goleada no time do Atlético Mineiro pela última rodada.

Ontem teve o famoso rachão, antes do jogo, e depois os jogadores seguiram para casa. Hoje se concentram pela manhã no hotel até a hora do jogo.

Levir Culpi não deu nenhuma pista do time que entrará jogando. Mas, a julgar pela partida contra o Atlético Mineiro, Danilinho deve ser sacado e Magno Alves - que participou dos quatro gols - deve sair jogando.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Fluminense

A torcida lotará a Bombonera tricolor para apoiar e empurrar o time na tentativa de mais uma vitória neste difícil Campeonato Brasileiro. A maior parte dos ingressos para o jogo já foi vendida. Os setores B e C já estão com os ingressos esgotados, restando poucos ingressos para o setor A.

Local: Giulite Coutinho, Mesquita (RJ)

Data e hora: 15/09/2016, às 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Cláudio Francisco Silva (SE)

Auxiliares: Ailton Farias da Silva (SE) e Daniel Vidal Pimentel (SE)

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo