O Flamengo não tomou conhecimento do Figueirense, que se encontra na zona de rebaixamento, e fez 2 a 0 nos catarinenses, com gols de Willian Arão, aos 36 minutos do primeiro tempo, e de Diego, de pênalti, aos 23 do segundo. Com a vitória, o Rubro-Negro chegou aos 50 pontos e se mantém a apenas um ponto do Palmeiras na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro.

Jogando como mandante no Estádio do Pacaembu lotado com quase 30 mil torcedores, o Mengão se sentiu em casa, foi o senhor da partida desde o início. Embora dominasse, o time dirigido por Zé Ricardo mostrava certo nervosismo. Aos 29 minutos, surgiu a melhor chance até aquela altura do jogo.

Leandro Damião cabeceou, Ayrton desviou com o braço dentro da área e o árbitro Luiz Flávio de Oliveira marcou o pênalti. O próprio Damião bateu no canto esquerdo de Gatito Fernandez, que se esticou e fez uma bela defesa.

Mas uma parada técnica aos 32 minutos, por conta do calor, colocou os nervos do Flamengo no lugar e, aos 36, Rafael Vaz faz um longo lançamento para a área que encontra Willian Arão. O volante subiu entre a defesa do figueirense e cabeceou no contrapé do goleiro para fazer o primeiro gol rubro-negro. “Metade do gol foi do Vaz. Fui feliz de acertar a cabeçada, mas se não fosse o lançamento perfeito dele não teria saído o gol", disse Willian Arão no intervalo da partida.

O segundo tempo continuou como o primeiro, como o Mengão dominando as ações, mas correndo risco de levar o empate em uma jogada fortuita.

Os melhores vídeos do dia

Mas, aos 23 minutos, veio à tranquilidade que faltava ao time à torcida. Bruno Alves, do Figueira, derruba o jovem Felipe Vizeu na área e é marcado um novo pênalti para o Flamengo. Desta vez, Diego coloca a bola na marca fatal e bate certeiro. Gatito Rodriguez ainda toca na bola, mas não consegue executar a defesa. E tudo ficou ainda mais fácil no minuto 39, quando Marquinhos Pedroso fez falta dura em Fernandinho, recebeu o segundo cartão amarelo e foi consequentemente expulso. Mesmo ao final da partida, a equipe carioca se tornou o time com o melhor aproveitamento jogando em casa, com nove vitórias, dois empates e duas derrotas. Os próximos jogos do Mengão são contra o Cruzeiro (em casa), São Paulo (fora), Santa Cruz (em casa), Fluminense (fora) e Internacional (fora).