Desde o fechamento do Maracanã, o Fluminense vinha sofrendo em encontrar um local para utilizar como seu estádio na temporada. Até que, no meio desse ano, firmou um acordo com o América-RJ para jogar no estádio Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito localizado na região metropolitana do Rio de Janeiro. A partir de então, o Tricolor, que vinha oscilando, passou a, verdadeiramente, ter o "fator casa" e, por enquanto, ainda não foi derrotado nas cinco vezes que atuou por lá.

Publicidade
Publicidade

Por conta desse retrospecto, a importância do estádio é opinião unânime nas Laranjeiras.

"A torcida consegue criar um clima muito legal aqui (Giulite Coutinho) e contagia os jogadores, que estamos fazendo a nossa parte", declarou o atacante Magno Alves em entrevista concedida ao Uol Esporte na última terça.

Até o momento, o Flu, em Édson Passos, venceu o Cruzeiro (2 a 0), a Ponte Preta (3 a 2), o Figueirense (3 a 2) e, mais recentemente, o Atlético-MG (4 a 2), todos pela Série A.

Publicidade

O único "tropeço" foi no jogo de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil. Na ocasião, ficou no 1 a 1 com o Corinthians. Para o técnico Levir Culpi, o carinho demonstrado pela torcida, apesar de todas as dificuldades de chegar ao estádio, é mais um combustível para o time seguir lutando para atingir as suas metas em 2016.

"Realmente é uma surpresa, porque deu uma encaixada com o torcedor. O Fluminense costumava jogar no Maracanã com 50 mil pessoas, mas aqui sentimos calor da torcida.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Aqui, apesar de não ser muita gente, os jogadores se sentem bem. Sabemos que não é fácil chegar aqui", resumiu o comandante.

O próximo encontro do Fluminense com o Giulite Coutinho será na quinta, às 19h30 (de Brasília), no confronto da 25ª rodada do Brasileirão, diante da Chapecoense. Em caso de nova vitória, a agremiação das Laranjeiras pode ficar muito perto de entrar no G-4, região dos classificados para a próxima edição da Taça Libertadores.

Por enquanto, o Tricolor está em sétimo lugar com 37 pontos, seis abaixo do quarto colocado, o Corinthians.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo