Entrando no segundo tempo no lugar de Henrique Dourado, Magno Alves, perto do fim, escorando, de cabeça, cruzamento de Wellington Silva, vindo da direita, garantiu a vitória de 3 a 2 do Fluminense sobre o Figueirense na tarde de sábado, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, região metropolitana do Rio de Janeiro, no confronto da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro remarcado por conta dos últimos Jogos Olímpicos. Com esse feito, o atacante de 40 anos, em sua segunda passagem pelas Laranjeiras, igualou-se a Washington, do famoso "Casal 20" com Assis, como o nono maior artilheiro da história do Tricolor. Ambos balançaram as redes em 124 ocasiões. 

Apesar do feito, o Magnata não estava totalmente satisfeito.

Em entrevista concedida ao portal Uol Esporte, ele confessou estar insatisfeito pelas poucas oportunidades dadas de mostrar o seu futebol.

"Seis jogos sem entrar, a gente se entristece, mas tive oportunidade e, junto com meus companheiros, fazer o gol que deu a vitória a nossa equipe. Muito trabalho, dedicação e perseverança", revelou.

No entanto, Magno Alves tentou não polemizar as decisões do técnico Levir Culpi. Segundo o jogador, o Flu tem um elenco recheado de opções.

"Todos têm [espaço], isso é questão de opção do treinador. Nós jogadores temos que respeitar. A gente prova dentro de campo", complementou.

O triunfo sobre o Figueirense representou a manutenção da invencibilidade do Fluminense desde quando começou a usar o Giulite Coutinho para exercer o seu mando de campo. Antes, o clube carioca havia derrotado, no estádio, o Cruzeiro (2 a 0) e a Ponte Preta (3 a 0), ambos pelo Brasileirão, além de um empate de 1 a 1 com o Corinthians pela Copa do Brasil.

Os melhores vídeos do dia

O próximo encontro com a "nova casa" será no dia 12 de setembro, a partir das 20h (de Brasília), contra o Atlético-MG. Antes, porém, na quarta que vem, às 16h (de Brasília), a agremiação das Laranjeiras irá até a Arena Luso-Brasileira, na Ilha do Governador, para o clássico diante do Botafogo.

Apesar de ocupar o nono lugar na classificação, o Fluminense está na luta por uma vaga no G-4 do Campeonato Brasileiro, uma vez que, no momento, soma 34 pontos, três a menos em relação ao quarto colocado, o Corinthians.