Em mais uma partida do Campeonato Brasileiro, nesse último domingo, (12), um fato chamou bastante atenção dos presentes no jogo entre Grêmio e Palmeiras, na Arena. Uma mulher, conhecida por Danny Morais, e mais tarde identificada como Miss Bumbum Santa Catarina, saiu correndo das arquibancadas de onde assistia ao clássico, ultrapassou a barreira dos seguranças e correu pelo gramado do campo segurando uma faixa branca.

Com pouca roupa e um shortinho onde destacava o seu bumbum avantajado, a loira, ao que parece, passou a correr atrás dos jogadores do Grêmio, que, após observarem o notável desespero no rosto da moça, buscaram se afastar.

Publicidade
Publicidade

Logo os seguranças entraram no campo, em Porto Alegre, e correram atrás da ‘Miss Louca’ para tentar impedi-la de fazer loucuras maiores enquanto o jogo acontecia, na frente das câmeras, para todo o Brasil ver. Após despistar alguns seguranças, Danny finalmente foi segurada pelos profissionais e conduzida, relutantemente, até a saída dos vestiários da Arena. De acordo com informações contidas no portal Globo Esporte, a bela moça foi acompanhada pelo vice-presidente do Grêmio, Alberto Guerra, após ter sido acalmada ainda no gramado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Palmeiras Grêmio

Alberto contou aos jornalistas que foi até a delegacia prestar queixa contra a Miss Bumbum pelo lado gremista. O fato curioso é que, logo depois do acontecimento em Porto Alegre, foi descoberto que a própria Danny já havia feito uma publicação em sua rede social, o Instagram, onde contou aos seus seguidores que estava planejando algo que chamaria bastante a atenção de quem estivesse assistindo ao jogo entre Grêmio e Palmeiras. As pessoas só não imaginavam que ela teria a audácia de invadir um campo de futebol e sair correndo atrás dos jogadores que ali estavam,

O árbitro que apitou o jogo, Emerson de Almeida Ferreira, fez o registro do acontecimento em súmula: “Informo que após o término da partida uma mulher invadiu o campo de jogo, tentando abraçar alguns jogadores da equipe do Grêmio”, afirma a primeira parte do documento, que ainda explica que nada de mais grave aconteceu e, de acordo com o que havia escrito, o árbitro afirmou que a moça se chama Eridiane Morais Jeremias.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo