O clima era de expectativa. Depois da polêmica da última quarta pela Copa do Brasil, Corinthians e Fluminense voltaram à Arena de Itaquera, em São Paulo, dessa vez pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado foi igual ao do meio de semana, mas a festa foi verde, grená e branca.

Publicidade
Publicidade

Com um gol marcado no último lance, o Tricolor das Laranjeiras fez 1 a 0, ultrapassou o Alvinegro Paulista na classificação e ficou muito perto do G4 do principal certame do futebol nacional.

Somando 43 pontos, dois a menos em relação ao Santos, quarto colocado, o Flu, agora, está em quinto lugar na classificação. Já o Corinthians, diante do tropeço, caiu para a sétima posição.

O primeiro tempo foi caracterizado pelo equilíbrio. Tanto Corinthians quanto Fluminense se preocuparam em anular as qualidades do adversário do que propriamente criar oportunidades.

Depois de ajudar na marcação, Cícero deu a vitória do Fluminense sobre o Corinthians (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte)
Depois de ajudar na marcação, Cícero deu a vitória do Fluminense sobre o Corinthians (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte)

Mesmo assim, aos 25 minutos, em belo passe de Gustavo Scarpa, Marcos Júnior só não abriu o placar para os cariocas graças à bela defesa de Walter. Com a ponta dos dedos, o substituto de Cássio, vetado com dores no ombro direito, mandou para escanteio. No lance seguinte, Fagner escapou pela direita, driblou Wellington e cruzou. Marquinhos Gabriel dividiu com Júlio César e, na sobra, Gum afastou o perigo, evitando o gol dos anfitriões.

Veio a segunda etapa e a necessidade da vitória das duas equipes tornou o clássico mais aberto.

Publicidade

Logo aos cinco minutos, novamente Marcos Júnior só não fez por conta de outra bela intervenção de Walter. A partir desse momento, o Corinthians aumentou o volume e foi obrigando Júlio César a trabalhar. Mostrando segurança, o goleiro do Fluminense segurou o ataque dos paulistas.

Com Marquinhos, Magno Alves e Richarlison substituindo, respectivamente, Douglas, Wellington e Marcos Júnior, Levir Culpi tentou dar mais ofensividade ao Fluminense. Para responder as mudanças do Tricolor, Fábio Carille lançou Gustavo e Lucas nas vagas de Giovanni Augusto e Marlone.

Aos 40 minutos, Gum tentou afastar e quase fez gol contra. para sorte do zagueiro, a bola tocou no travessão. Dois minutos depois, foi a vez de Gustavo Scarpa perdeu uma chance incrível ao receber na marca do pênalti, dar um corte em Yago, mas chutar para fora.

Quando tudo levava a crer que o 0 a 0 seria definitivo, aos 49 minutos, Gustavo Scarpa, em falta cobrada na lateral-direita, cruzou na área, houve uma confusão e, na sobra, Cícero, de pé esquerdo, fuzilou, garantindo a importante vitória do Fluminense, a primeira no Itaquerão desde a construção do estádio. 

As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão no sábado.

Publicidade

Às 11h (de Brasília), o Fluminense recebe, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, o Sport. Já o Corinthians, a partir das 16h30 (de Brasília), também no Rio, só que na Arena da Ilha do Governador, tentará vencer o Botafogo. Antes, na quarta, recebe, no Itaquerão, às 21h45 (de Brasília), o Cruzeiro no jogo de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil.

Leia tudo