O meia Valdívia foi contratado pelo Palmeiras em 2007. Em 2008, o meia chileno foi um dos grandes responsáveis pelo título de Campeão Paulista. Na semifinal contra o São Paulo, no antigo Palestra Itália, o jogador 'só não fez chover' e concretizou a eliminação do rival da competição. 

Na sua segunda passagem pelo Alviverde, Valdívia não conseguiu manter a mesma qualidade. Uma série de lesões o atrapalharam e o meio-campista foi alvo de parte dos torcedores, que o apelidaram de 'chinelinho'.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Em certa ocasião Valdívia pediu para um médico cubano, amigo seu, vim ajudar na recuperação. O fato irritou o Departamento Médico do clube e, mesmo diante disso, foi aceito. O jogador até apresentou exames de outras pessoas para comprovar a lesão e foi repreendido internamente. 

Diante de vários fatos positivos e negativos, o jogador tem respeito de parte da torcida e bronca de outra parte.

A discussão se Valdívia pode voltar um dia ou não vai longe. 

Alexandre Mattos, executivo de Futebol do Palmeiras, foi pivô da não renovação do jogador na época. Valdívia fez alta pedida e o diretor convenceu Paulo Nobre, então presidente, para não renovar. Desde então a saída dele do clube não ficou muito bem explicada e gerou várias teorias entre torcedores nas redes sociais. 

Mattos concedeu entrevista exclusiva para o portal Globo Esporte.com e disse que nenhum jogador está descartado de defender o Palmeiras. "A gente nunca pode falar zero para nada na vida," disse. 

No fim do ano, o Palmeiras passará por eleições presidenciais e Maurício Galliote, vice presidente de Nobre, foi indicado como provável sucessor. A oposição não deve mandar candidato e, sendo assim, Galliote deve assumir a principal cadeira sem grandes dificuldades.

Os melhores vídeos do dia

O provável novo presidente gosta de Valdívia e tem o respeito do jogador também. 

E Cuca?

O técnico Cuca está planejando, junto com Mattos, a montagem do time para 2017. O treinador já selecionou pelo menos cinco nomes e o executivo deve iniciar as conversas assim que o Campeonato Brasileiro acabar. Cuca dá todos os indícios de permanência no cargo.