Em 2014, o Palmeiras estava lutando jogo a jogo para não ser rebaixado. A fraquíssima campanha no Campeonato Brasileiro daquele ano fez o presidente Paulo Nobre cometer algumas loucuras e até contratar errado.

Ricardo Gareca, que estava na Argentina, desembarcou no Brasil como 'salvador da pátria'. O treinador trouxe na bagagem alguns nomes que foram prontamente atendidos pela diretoria do Verdão. Um deles foi Pablo Mouche, que teve uma excelente passagem pelo Boca Júniors e estava no Futebol da Turquia.

Gareca durou apenas 14 jogos e foi demitido. Dorival Júnior continuou a trajetória e livrou o Palmeiras do terceiro rebaixamento. Foi aí que começou o litígio de Mouche no clube. Sem espaço com os outros treinadores, foi emprestado recentemente para o Lánus-ARG.

Como precisa retornar em dezembro, o atleta já mandou recado para a diretoria do Alviverde e pediu que alguma atitude seja tomada, ou que ele fique definitivamente, ou que seja negociado de forma fixa também.

Mouche é um dos jogadores de 'propriedade' do presidente Paulo Nobre. Depois de ser questionado no Conselho, o mandatário alviverde resolveu assumir o negócio. Em uma futura venda, o lucro será do Verdão e Nobre terá de volta apenas o que gastou na transação.

E Mendieta?

Outro jogador que quer a sua situação definida é o meia Mendieta, que atualmente defende o Olímpia-PAR. Na mesma forma que Mouche, ele chegou ao Palmeiras mas não conseguiu manter uma sequência boa de jogos e acabou emprestado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

No Paraguai, porém, Mendieta é um dos melhores jogadores do país, em termos de números e estatísticas. O time paraguaio já ofereceu proposta para o Palmeiras, mas o parcelamento não agradou Paulo Nobre.

O fato é que Mendieta não deverá ter espaço com Cuca no Verdão. O técnico, que tem seu contrato findando em dezembro, está muito perto de renovação. Maurício Galiotte, futuro novo presidente do clube, entende que valerá o esforço em aumentar os salários e manter o técnico.

Em 2017, o Verdão já está garantido na Copa Libertadores.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo