Na chuvosa manhã desta terça, o Fluminense realizou, nas Laranjeiras, o último treino antes do confronto de quarta, às 21h (de Brasília), na Vila Belmiro, diante do Santos, em uma das cinco partidas que abrem a 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de um leve aquecimento, os jogadores realizaram uma atividade tática em campo reduzido. Em seguida, houve um intenso trabalho de finalização. Para encerrar, Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa deram ênfase às cobranças de faltas tanto laterais quanto na entrada da área.

O técnico Levir Culpi não confirmou oficialmente, mas a tendência é de a equipe ser a mesma que iniciou o jogo do último sábado, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, contra o Sport com Júlio César no gol, Wellington Silva e William Matheus nas laterais, a zaga formada por Gum e Henrique, Pierre, Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa compondo o meio e a dupla Wellington-Marcos Júnior dando velocidade ao setor ofensivo.

Destaque na vtória de 3 a 1 sobre os pernambucanos, Richarlison permanece no banco de reservas.

"Vai ser difícil.  Vamos lá para fazer o melhor. Não deu muito para treinar, então, o Levir nos orientou junto com a comissão técnica", declarou o zagueiro Gum em entrevista concedida após o treinamento.

Enquanto o restante do grupo treinava, o goleiro Diego Cavalieri e o lateral-direito Jonathan seguiam a sua rotina de tratamento de suas lesões musculares. O primeiro deverá ter condições de relacionado para o Fla-Flu do próximo dia 13 de outubro, às 21h (de Brasília), na Arena Botafogo, na Ilha do Governador. Já o segundo ainda não tem previsão de retorno. 

Mesmo com ambos estando dentro da zona de classificação para a próxima Taça Libertadores da América, Santos e Fluminense é um confronto direto pelo G-4 e, apesar de remotas, manter as esperanças de título do Brasileirão.

Os melhores vídeos do dia

 Com 48 pontos, o Peixe ocupa, no momento, o quarto lugar do certame nacional. Enquanto isso, o Tricolor, somando dois pontos a menos em relação à equipe paulista, vem na quinta posição.