Nesta sexta, o Globoesporte fez uma levantamento para saber qual é o modelo preferido pelos torcedores do Fluminense para o futuro estádio de Futebol. Ao todo, mais de 10 mil tricolores deram a sua sugestão e o eleito, com 3 mil e 500 votos, foi o Westfalenstadion, do Borussia Dortmund, da Alemanha, que passou por uma reforma a 200 milhões de euros (cerca de R$ 800 milhões) e capaz de receber um público superior a 81 mil pessoas.

Publicidade
Publicidade

Logo em seguida, veio, com aproximadamente 2 mil votos, o Juventus Stadium, da equipe italiana, construído a base de R4 375 milhões e para receber até quase 42 mil espectadores. Preferido de mil tricolores, o estádio Friuli, da Udinese, também da Itália, orçado em R$ 113 milhões e com capacidade para 25 mil pessoas, vem em terceiro. Outros citados foram o Libertadores da América (Independiente da Argentina), a Arena da Baixada (Atlético-PR), o Campeón del Siglo (Peñarol, do Uruguai), Cornella El-Prat (Espanyol, de Barcelona), a Arena do Grêmio, a Arena Independência, o Ciudad de La Plata (Argentina), o Presidente Vargas (Ceará), o Beira-Rio, o estádio de Concepción (Chile) e a Arena Pituaçu (Salvador).

Publicidade

Por conta da oficialização da candidatura de Pedro Abad à presidência do Fluminense, o atual mandatário, Peter Siemsen, revelou que havia firmado um acordo com a Prefeitura do Rio de Janeiro no qual haveria a cessão de um terreno para a construção de um estádio Na última segunda, Mário Bittencourt, outro postulante a gerir o Tricolor pelos próximos três anos, também disse ter um projeto para erguer uma nova casa do futebol profissional.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

A obsessão por um estádio se tornou mais intensa no Fluminense com a impossibilidade de jogar no Maracanã em grande parte da atual temporada. Buscando minimizar esse prejuízo, a diretoria do Tricolor firmou um acordo com o América-RJ e vem utilizando as instalações do Giulite Coutinho para exercer os seus mandos.

Enquanto isso, dentro de campo, o técnico Levir Culpi segue trabalhando para levar o Fluminense à Taça Libertadores de 2017.

Em quinto lugar com 46 pontos, o Tricolor volta ao Campeonato Brasileiro na quinta, às 21h (de Brasília), encarando, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o Flamengo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo