Após golear o Fenerbahçe, pela Europa League, na última quinta-feira (20), o Manchester United esperava vencer em Londres para subir na tabela do Inglês, enquanto o Chelsea, que parece estar firmando-se no Campeonato, deu um show na partida de hoje e completou três jogos seguidos sem perder. Também, Courtois foi essencial para vitória dos Blues. Além disso, o jogo marcou o retorno do técnico José Mourinho à casa dos Blues, na qual foi recebido de forma amigável.

Resumo da partida entre Chelsea x Manchester United, que aconteceu neste domingo (23), em Stamford Bridge

Com menos de um minuto de jogo, Marcos Alonso limpou toda a defesa do United, tirando Daley Blind da jogada e dando assistência para Pedro abrir o placar para os Blues. Outro gol surgiu no meio da partida e, novamente para Blues, em uma linda jogada de Gary Cahill. O Chelsea esteve radiante em todo o primeiro tempo, enquanto o United esforçava-se para fazer boas jogadas e chegar na área dos adversários.

A torcida reclamou bastante sobre o fato de Mourinho ainda insistir em colocar Fellaini, que é "odiado" pela torcida do Manchester, no lugar de jogadores como Schweinsteiger, o qual o técnico não teve paciência, ou, Juan Mata, que vem fazendo excelentes partidas, tornando-se extremamente necessário na equipe do Man. Red.

Finalmente, após o intervalo, Mourinho tirou Fellaini colocando Juan Mata em seu lugar e, em seguida, tirando Bailly e colocando Rojo que, foi essencial para acelerar o United e pressionar o Chelsea, cuja posse de bola baixou para 29%.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

No entanto, Hazard iniciou uma jogada na grande área, fechando a marcação e fazendo o terceiro gol dos Blues, com assistência de Matic.

Na metade do segundo tempo, antes de de deixar o gramado, Pedro deu uma belíssima assistência para Kanté fechar o placar para o Chelsea, fazendo o seu primeiro gol com a camisa dos Blues. Já o United, estava todo desorganizado, tendo problemas com os passes e principalmente com o desespero de Pogba, que ficou evidente, por não conseguir fazer gols.

Com este resultado, o Chelsea passa a ocupar a 5ª posição, atrás do Tottenham, ambos com 19 pontos, enquanto, o Manchester United, na qual na época do Van Gaal exigiram Mourinho como técnico, ocupa a 7ª posição com 14 pontos. Na próxima rodada, o United ficará em casa enfrentando o Burnley, que no momento ocupa a 14ª posição com 10 pontos e, o Chelsea enfrentará o Southampton, fora de casa. 

Placar final: Chelsea (4) x (0) Manchester United

ESCALAÇÃO

Chelsea: Courtois (GL), Cahill (ZG), David Luiz (ZG), Azpilicueta (ZG), Marcos Alonso (MC), Matic (MC), Kanté (MC), Moses (MC), Hazard (AT), Pedro (AT) e Diego Costa (AT).

Manchester United: De Gea (GL), Bailly (ZG), Mosquera (ZG), Smalling (ZG), Blind (ZG), Lingard (MC), Fellaini (MC), Ander Herrera (MC), Pogba (MC), Rashford (MC) e Ibrahimovic (AT).

RESERVAS

Chelsea: Begovic (GL), Terry (ZG), Ola Aina (ZG), Oscar (MC), Chalobah (MC), Willian (MC) e Batshuayi (AT).

Manchester United: Romero (GL), Darmian (ZG), Rojo (ZG), Carrick (MC), Ashley Young (MC), Juan Mata (MC) e Martial (AT).

TÉCNICOS

  • Chelsea: Antônio Conte.

  • Manchester United: José Mourinho.

CARTÃO AMARELO

  • Chelsea: Pedro e David Luiz.

  • Manchester United: Bailly e Pogba.

SUBSTITUIÇÕES

Chelsea: saiu Pedro e entrou Chalobah (26' segundo tempo) / saiu Hazard e entrou Willian; saiu Diego Costa e entrou Batshuayi (33' segundo tempo).

Manchester United: saiu Fellaini e entrou Juan Mata (0' segundo tempo) / saiu Bailly e entrou Rojo (7' segundo tempo) / saiu Lingard e entrou Martial (20' segundo tempo).

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo