Fedor Emelianenko é tido pelos fãs do MMA como uma lenda no Esporte. Apesar de ser um dos maiores lutadores de todos os tempos, a força do atleta russo de nada adianta para vencer seu maior desafio: ver a filha, que está hospitalizada após ser violentamente agredida, reagir e ficar boa.

O atentado contra a adolescente de 16 anos foi confirmado pela União Russa de MMA. Ela foi agredida na hora em que saía do colégio, na Rússia, no último domingo (9).

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Bastante machucada, a jovem foi socorrida e agora está em tratamento intensivo no hospital. Seu estado de saúde é considerado estável.

Não se sabe ainda quem teria praticado a violência e nem o motivo.

Chamado de "Último Imperador", Emelianenko aguarda as investigações para entender o que de fato aconteceu. Após a divulgação oficial da ocorrência, uma investigação policial foi aberta para descobrir a autoria das agressões.

Na comunidade de lutadores e fãs, o caso ganhou repercussão e novos desdobramentos. Nos últimos dias outros elementos entraram em cena. Começaram a circular informações de que o ataque teria ocorrido porque Fedor fez duras críticas ao evento de luta na Chechênia (uma "república" da Rússia, com estatuto de autonomia um pouco semelhante aos dos estados brasileiros), o World Fighting Championships. Ele criticou a organização por promover lutas com crianças.

A secretária da União Russa de MMA concedeu uma entrevista para o site Tass.ru onde confirma as agressões à filha de Fedor Emelianenko e informa que a garota está se recuperando de forma satisfatória, apesar de ter sido submetida a um tratamento médico intensivo.

Os melhores vídeos do dia

Disse ainda que a polícia está apurando as causas do incidente por meio de investigação em curso. Descartou, por enquanto, que as hipóteses levantadas pelos veículos de comunicação sejam verdadeiras, conforme as autoridades competentes.

O próprio Emelianenko ainda não divulgou nenhum comunicado sobre a situação. No entanto, conforme entrevista que o treinador do "Último Imperador", Vladimir Voronov, concedeu ao site R-Sports e traduzida pelo Bloody Elbow, a lenda dos tatames segue treinando em Stary Oskol. O treinamento é para uma luta cuja data, local e adversário ainda não foram anunciados.