Palco das decisões da última Copa do Mundo e dos torneios de futebol (masculino e feminino) das Olimpíadas de 2016, o Maracanã tem seu futuro indefinido no que diz respeito a quem será o responsável pela sua administração. Um dos postulantes a essa função, o Fluminense, defende que o estádio passe a ser gerido pela Prefeitura do Rio de Janeiro já a partir do ano que vem. A sugestão foi levada pelo presidente do Tricolor da Laranjeiras, Peter Siemsen, aos candidatos a prefeito da "Cidade Maravilhosa", Marcelo Crivella (PRB) e Marcelo Freixo (PSOL).

Enquanto isso o Flamengo trabalha nos bastidores para o Maracanã ser mantido aos cuidados da iniciativa privada. No entanto a agremiação da Gávea reforçou a ideia de que as equipes cariocas só atuem no estádio se tiverem presença ativa nessa nova concessão.

Após quase um ano, o Fluminense, na noite da última sexta (28), voltou a jogar no Maracanã. Na ocasião ficou no empate de 2 a 2 com o Vitória-BA pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesse período longe do "Maior do Mundo" o Tricolor utilizou diversos estádios no território nacional para exercer os seus mandos de campo, casos do Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ); do Kléber Andrade, em Cariacica (ES); do Mário Helênio, em Juiz de Fora; do Mané Garrincha, em Brasília (DF); e da Arena da Amazônia, em Manaus (MA), até firmar um acordo com o América-RJ para adotar o Giulite Coutinho, no distrito de Édson Passos, região metropolitana do Rio de Janeiro, como sua "casa".

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Há cinco partidas sem vencer, o Fluminense se complicou na luta para ficar entre os seis melhores do Brasileirão e garantir presença na Taça Libertadores de 2017. No momento a equipe das Laranjeiras, com 48 pontos, está em nono lugar na classificação da Série A. Por conta disso necessita derrotar o Cruzeiro no domingo que vem, às 17h (de Brasília), em clássico programado para o estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Nessa partida o time carioca deverá contar com os retornos do goleiro Diego Cavalieri e dos laterais Jonathan e William Matheus, todos recuperados de lesões musculares.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo