No final da tarde desta segunda, o departamento jurídico do Fluminense resolveu entrar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com um recurso, pedindo a anulação do clássico da última quinta, em Volta Redonda, diante do Flamengo. A atitude do Tricolor se deve à anulação do gol do zagueiro Henrique, aos 39 minutos do segundo tempo, que evitaria a derrota de 2 a 1 para o rival. Segundo a diretoria do clube das Laranjeiras, existe a comprovação de que houve interferência externa da TV para Sandro Meira Ricci, árbitro daquela partida, anulasse o lance.

Através de nota oficial publicada em seu site oficial, o Fluminense disse ter resolvido acionar o STJD após uma longa análise. De acordo com o documento entregue à justiça, o Tricolor lembrou da FIFA não permitir o uso da tecnologia para esclarecer lances polêmicos em competições oficiais.

Procurado pelo Globoesporte, o procurador-geral do STJD, Sérgio Bevilacqua, revelou haver entrado em contato com o trio de arbitragem do clássico, o inspetor Sérgio Santos, que estava no duelo e a Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a fim de pedir esclarecimentos sobre o caso.

O imbróglio começou após Sandro Meira Ricci contrariar uma decisão de seu auxiliar Emerson Augusto de Carvalho, que havia assinalado impedimento de Henrique. Depois de 13 minutos de muita confusão, o árbitro resolveu voltar atrás em sua decisão. No domingo, o Esporte Espetacular, da Rede Globo, mostrou uma longa reportagem sobre o caso. Através da leitura labial, o programa indica que Sérgio Santos invadiu o gramado para alertar sobre o fato de a TV havia mostrado a irregularidade do possível gol de empate do Fluminense.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Não existe prazo para uma solução final sobre o caso. Enquanto isso, o Fluminense enfrenta o São Paulo, também nesta segunda, às 20h (de Brasília), no Giulite Coutinho, em Édson Passos, região metropolitana do Rio de Janeiro, precisando vencer para retornar ao G-6 do Campeonato Brasileiro. No momento, com 46 pontos, ocupa o nono lugar na classificação.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo