Anúncio
Anúncio

A vitória magra do Barcelona sobre o Granada, por 1 a 0, no Nou Camp no sábado, 29 de outubro, pelo Campeonato Espanhol, foi ofuscada pela confusão em que Neymar foi um dos coadjuvantes.

Tudo começou aos 42 minutos do segundo tempo, quando o time catalão já vencia a partida. Neymar deu forte entrada no meio-campista do Granada, Cuenca próximo à área adversária para "matar a jogada". Apesar da imprudência do brasileiro, o árbitro nem falta marcou, indicando apenas o lateral para o Granada. Porém, o zagueiro Rubén Vezo não gostou da atitude de Neymar e o encarou. O atacante não refugou e trocou empurrões e xingamentos com o adversário, sendo afastado por um companheiro de time. O lance ocasionou o cartão amarelo para os dois envolvidos.

Anúncio

Após a partida, as provocações continuaram e os atletas saíram de campo batendo boca. Pelas imagens exibidas, fica claro que Vezo faz referência que “pegaria” Neymar lá fora, enquanto o atacante xingava e deferia palavrões. Durante todo o percurso entre o gramado e as escadas que dão acesso ao vestiário o bate-boca continuou, até que Neymar empurrou o zagueiro adversário pelas costas, fazendo com o adversário se desequilibrasse. Rubén Vezo reagiu e também empurrou o brasileiro, que caiu sentado num degrau acima. A turma do “deixa disso” interferiu e impediu que o desentendimento se tornasse numa briga.

Inicialmente, os jogadores do Barcelona evitaram o assunto e muitos deles afirmaram que não presenciaram o fato.

O vídeo dedurando a confusão foi divulgado num programa esportivo do canal espanhol Mega, nesta segunda-feira, 31 de outubro.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

Placar apertado

Dentro de campo, apesar de não ter tido uma grande atuação, Neymar teve participação direta no único gol do Barça, quando, aos três minutos do segundo tempo, o atacante chutou na trave e na sobra, Rafinha Alcântara completou para as redes.

Com o resultado, o Barcelona está na segunda colocação do Campeonato espanhol, somando 22 pontos, dois atrás do líder Real Madrid. O Granada é 20º e último colocado, com apenas três pontos.