Nos últimos meses, a direção do Barcelona tem trabalhado com afinco para poder renovar o contrato dos principais jogadores do seu elenco milionário. Após definir a extensão contratual do brasileiro Neymar, há algumas semanas, o clube espanhol está focado agora na renovação de Luiz Suárez e da sua estrela maior, o argentino #Lionel Messi.

Jogando no Barcelona desde os 11 anos de idade, Messi não manifesta nenhuma intenção de deixar o clube catalão, onde é idolatrado pela torcida, quase adorado, e respeitado por dirigentes e companheiros de equipe. E para um clube tão rico quanto o Barcelona, dinheiro não será empecilho para que "La Pulga" fique na Espanha por mais algumas temporadas.

Inclusive, existem boatos de que em termos financeiros Barça e Messi estão apalavrados.

O fato que estaria retardando o acerto final entre Lionel Messi e o clube espanhol refere-se a uma cláusula que o argentino insiste em colocar no contrato que lhe permitiria encerrar a carreira na Argentina. Mais do que isso, Messi planeja "pendurar as chuteiras" atuando no seu time do coração, a equipe onde iniciou jogando futebol aos sete anos de idade, o #Newell's Old Boys. A partir disso o argentino quer que o Barcelona inclua no seu novo contrato uma cláusula que facilite sua saída quando decidir encerrar a carreira.

Esse parece ser um comportamento típico de jogador argentino. Eles têm por característica voltar ao seu país e ao clube do coração quando entendem que estão prestes a encerrar a carreira.

Os melhores vídeos do dia

Mesmo Maradona, que foi impedido de continuar jogando futebol por conta da punição por uso de doping, decidiu viver na Argentina, podendo ter vivido em Nápoles na Itália onde é ídolo até hoje pelas brilhantes atuações no Napoli na década de 80.

Martin Riquelme, que deixou o Villarreal, onde era ídolo, para encerrar a carreira pelo Boca Júniors, e  Carlito Tévez, que se despediu da Juventus da Itália após uma temporada brilhante, para jogar também pelo Boca, são os exemplos mais recentes de jogadores argentinos que optaram em encerrar a carreira na sua terra natal. #FC Barcelona