A proximidade das eleições, que indicarão o novo presidente do Fluminense, começam a agitar os bastidores das Laranjeiras. Na tarde desta sexta, foi confirmada a união de Cacá Cardoso, da Flu 2050, com Pedro Trengrouse, candidato pela Verdade Tricolor. De acordo com os dois grupos, a junção se deu por compatibilidade de projetos.

"Nos juntamos em torno de um programa de transformação do clube. Um programa que não é de cargos. Um programa que visa profissionalizar o Fluminense e colocar executivos competentes nos lugares certos", declarou Sérgio Galvão, um dos antigos coordenadores de Trengrouse, ao Globoesporte.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Fluminense

Simultaneamente, em participação na Rádio Bradesco Esportes, do Rio de Janeiro, outro candidato, Pedro Abad, da Flusócio, falou da possibilidade de Celso Barros, ex-presidente da Unimed e também postulante ao cargo ocupado por Peter Siemsen, integrar a sua chapa no pleito previsto para o final de novembro.

"Quem quiser encorpar o nosso projeto será bem-vindo. Já tive uma conversa com ele muito proveitosa e dá minha parte não há empecilho nenhum", resumiu Abad.

Na última segunda, em evento ocorrido na Salão Nobre da sede do Fluminense, Mário Bittencourt, ex-vice-presidente de futebol do Tricolor, oficializou a sua candidatura e será mais a buscar a presidência da agremiação. Na sua chapa, encontram-se Ricardo Tenório, que, em 2009, foi um dos responsáveis pela arrancada que livrou o time de um quase certo rebaixamento, além de Carlos Alberto Parreira, técnico do Tetracampeonato Mundial da Seleção Brasileira (1994) e que, em 1984, dirigiu o Flu no título daquele Campeonato Brasileiro.

As eleições acontecem nas Laranjeiras e os associados com, pelo menos, um ano de contribuição terão direito a escolher quem será o gestor do Fluminense pelos próximos três anos.

Os melhores vídeos do dia

Enquanto isso, dentro de campo, o técnico Levir Culpi tenta manter o time na busca por uma vaga na Taça Libertadores de 2017. Ocupando, no momento, o quinto lugar do Brasileirão com 46 pontos, o Fluminense, após ser derrotado pelo Santos na última quarta por 2 a 1, na Vila Belmiro, irá ao Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, na próxima quinta, às 21h (de Brasília), para encarar o Flamengo.