Após voltar ao palco do trágico 7 a 1, o Brasil afastou todos os fantasmas do Mineirão deixado pela Alemanha naquele 8 de julho de 2014. A seleção brasileira deu show para os 53 mil presentes no estádio, que viram a vitória por 3 a 0 sobre a Argentina. Com gols de Philippe Coutinho, Neymar e Paulinho, o Brasil de Tite conheceu sua quinta vitória consecutiva e está muito perto de garantir uma vaga para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Aliás, Neymar marcou seu 50º gol com a camisa verde-amarela, restando apenas três jogadores com mais gols que o atacante pelo Brasil: Romário, Ronaldo Fenômeno e Pelé.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Neymar

A seleção brasileira folga nesta sexta-feira, 11, e volta a treinar no sábado e domingo. No domingo a delegação embarca para Lima, onde enfrentará o Peru na próxima quarta-feira, dia 16, a 00h15 (de Brasília).

O Brasil não conta com o lateral esquerdo Marcelo, que está suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo.

O Jogo

O jogo começou bem movimentado para os dois lados. Logo as 4 minutos Messi recebeu na intermediária e aplicou um chapéu em Fernandinho, que parou o Argentino com falta. Logo em seguida o camisa 10 da seleção argentina repetiu a dose, mas acabou sendo atingido por Fernandinho novamente. O volante brasileiro foi punido com amarelo.

Após o bom começo dos hermanos foi a vez de Neymar começar a brilhar. O atacante estava jogando aberto pelo lado esquerdo e sempre marcado por dois jogadores. Foi aí que o atacante decidiu tentar passar por um deles e deu um lindo toque, encobrindo Biglia. A torcida brasileira foi ao delírio.

O Brasil só deu sua primeira finalização depois dos 20 minutos de jogo, numa conclusão de Renato Augusto, pouco perigosa.

Os melhores vídeos do dia

Foi aí então que Phillippe Coutinho entrou em ação. O jogador do Liverpool recebeu passe de Neymar, cortou para a direita passando por dois marcadores e deu um belo chute no ângulo esquerdo do Romero. 1 a 0 Brasil.

A seleção argentina parecia perdida em campo. Messi não estava em seus melhores dias e Higuaín estava sendo bem mercado por Mirando e Marquinhos. Já o trio de ataque brasileiro jogava com desenvoltura e melhor qualidade no passe de bola. Foi assim que, aos 45 minutos do primeiro tempo, Gabriel Jesus recebeu a bola de costas para o gol, girou e deu um belo passe para Neymar marcar o segundo do Brasil.

Na segunda etapa, aos 13 minutos, Paulinho marcou o terceiro gol do Brasil, após um passe de Renato Augusto. O volante, que é contestado por parte da torcida e tem toda a confiança de Tite, correu para comemorar com o grupo. A torcida ainda viu Gabriel Jesus quase marcar o quarto gol da seleção, após um belo chapéu no zagueiro argentino, Funes Mori.

O Brasil permanece na liderança das eliminatórias com 24 pontos e soma cinco vitórias seguidas. Já a Argentina permanece em crise, ocupando a sexta colocação com 16 pontos. Apenas quatro equipes se classificam para a Copa de 2018. Uruguai, Colômbia e Equador completam a zona de classificação.