Com seis vitórias consecutivas, liderança na tabela e 100% de aproveitamento com Tite, novo comandante, o Brasil parece cada vez mais perto de se classificar ao Mundial da Rússia em 2018. Com 27 pontos, o selecionado canarinho está a oito da Argentina, quinta colocada e que teria que jogar a repescagem no momento.

Prudente, o técnico brasileiro preferiu evitar falar em classificação antecipada. Em rápido contato com a imprensa no desembarque ao Brasil nesta quarta, Tite garantiu que ainda não pensa na Copa da Rússia e quer os brasileiros focados nos jogos restantes das Eliminatórias.

"Só penso depois de classificado matematicamente", resumiu Tite, no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Depois confessou aos jornalistas que estava apressado em ir a Porto Alegre visitar a filha.

Até o próximo pela seleção, Tite terá longos quatro meses para descansar, acompanhar jogos, ver de perto novos jogadores e projetar futuras escalações. O Brasil só volta a atuar no dia 23 de março de 2017, contra o Uruguai, fora de casa, em mais uma partida pelas Eliminatórias.