Pergunte para o torcedor corintiano o que ele acha do Futebol apresentado pelo atacante Romero neste ano. Aproveite e consulte um flamenguista sobre o meia Alan Patrick e para os são-paulinos se eles sentem faltam do atacante argentino Centurión, que por sinal já voltou para o seu país. Pois bem, parece que a opinião dos torcedores não foi levada em conta nas escolhas do jornal El País, do Uruguai, na indicação dos melhores jogadores da América do Sul deste ano.

Publicidade
Publicidade

A razão das críticas não é apenas de um “torcedor corneta”. Os atletas citados não podem considerar este ano como o melhor das suas carreiras. Romero, por exemplo, em nenhum momento foi unanimidade no Timão, assim como ficou no banco de reservas em várias ocasiões. O mesmo acontece com Alan Patrick, que no Mengão tem esquentado o banco na maioria das ocasiões. A passagem de Centurión pelo São Paulo ficou marcada pela falta de sequência como titular, até que o jogador acabou negociado com o Boca Juniors-ARG.

Publicidade

Votação popular

No total, são 55 atletas, cinco por posição. Outros cinco treinadores também concorrem ao prêmio.

A escolha dos 11 melhores jogadores do continente é feita por voto popular, realizado por meio do site do jornal. Em paralelo, há ainda uma eleição em que os jornalistas escolherão o seu time, assim como o treinador.

Prêmio tradicional

Criado em 1971, no começo era organizado pelo jornal venezuelano El Mundo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

A partir de 1986 o El País assumiu a coordenação do prêmio. Até hoje, nove brasileiros foram escolhidos como os melhores jogadores da América do Sul. São eles: Tostão (1971), Pelé (1973), Zico (1977, 1981, 1982 e 1983), Bebeto (1989), Raí (1992), Cafu (1994), Romário (2000), Neymar (2011 e 2012) e Ronaldinho (2013).

Brasileiros indicados em 2016

  • Alisson (goleiro - Internacional/Roma);
  • Fagner (lateral-direito - Corinthians);
  • Gabigol (meia-direita - Santos/Inter de Milão);
  • Alan Patrick (meia-direita - Flamengo);
  • Lucas Lima (meia-esquerda - Santos);
  • Robinho (meia ofensivo - Atlético-MG);
  • Gabriel Jesus (atacante 1 - Palmeiras);
  • Fred (atacante 2 - Fluminense/Atlético-MG); e
  • Tite (Corinthians / Seleção Brasileira) concorre a melhor técnico.

Jogadores estrangeiros que jogam/jogaram no Brasil em 2016

  • Yerry Mina (zagueiro direito - Santa Fe/Palmeiras);
  • Frickson Erazo (zagueiro-esquerdo - Atlético-MG);
  • Eugenio Mena (lateral-esquerdo - São Paulo);
  • Luis Seijas (meia-esquerda - Santa Fe/Internacional);
  • Ricardo Centurión (meia-esquerda - São Paulo/Boca Juniors);
  • Giorgian de Arrascaeta (meia ofensivo - Cruzeiro);
  • Ángel Romero (atacante 1 - Corinthians);
  • Ramón Ábila (atacante 2 - Huracán/Cruzeiro);
  • Lucas Pratto (atacante 2 - Atlético-MG); e
  • Paolo Guerrero (atacante 2 - Flamengo).
Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo