O empate de 2 a 2 entre Cruzeiro e Santos neste domingo, 20 de novembro, no Mineirão, deixou uma sensação estranha para os jogadores e torcedores do Peixe.

Enquanto o Alvinegro viu suas chances de ser campeão tornarem-se praticamente impossíveis, pois o Palmeiras precisa de apenas um ponto em duas partidas para levantar a taça, também não se pode negar que a classificação garantida para a fase de grupos da Libertadores da América em 2017 é um feito a ser comemorado.

Publicidade
Publicidade

O Santos é o segundo colocado, com 68 pontos, seguido pelo Flamengo, com 67. Já o quarto colocado, o Atlético-MG, soma 62 pontos. Nesta rodada, o Galo empatou em 3 a 3 com o Santa Cruz, em Recife.

Serão disputados ainda seis pontos, ou seja, duas rodadas, porém, nos critérios de desempate principal – que é o número de vitórias, o Galo tem apenas 17 e não pode mais alcançar o Santos, pois o time paulista já soma 21 vitórias.

Desta forma, o Peixe já garantiu pelo menos a terceira colocação.

Publicidade

De acordo com o regulamento da Taça Libertadores em 2017, o Brasil terá direito a quatro vagas diretas para a fase de grupos que serão oferecidas ao campeão, ao vice e ao terceiro colocado do Campeonato Brasileiro, além do campeão da Copa do Brasil.

Retorno à competição

A última vez que o Santos disputou o principal torneio sul-americano foi em 2012, sendo eliminado nas semifinais pelo Corinthians, que conquistaria o título posteriormente. No total, o clube disputou 12 vezes a competição, conquistando o título em três oportunidades.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Santos

Em 2011, sob o comando de Muricy Ramalho, o elenco santista contava com nomes de destaque como Neymar, Paulo Henrique Ganso, Edu Dracena, Arouca, Léo, entre outros. O bicampeonato em 1962 e 1963, com o fantástico time formado por grandes craques como o goleiro Gilmar, o zagueiro Mauro Ramos, o meio-campista Zito, o craque Pelé e os atacantes Coutinho e Pepe, entre outros.

Passou perto em 2003, quando ficou com o vice-campeonato ao ser derrotado pelo Boca Juniors-ARG por 2 a 0 na La Bambonera, na Argentina, e por 3 a 1 em pleno Estádio do Morumbi, no Brasil.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo