Nesse triste dia para o esporte mundial, o médico e diretor da clínica San Juan de Dios de la Sierra, Guillermo Molina, informou o estado de saúde dos sobreviventes do Acidente aéreo com a delegação do Chapecoense.

Molina disse que a clínica recebeu 3 dos 6 sobreviventes do acidente, sendo eles Alan Ruschel, Rafael Henzel e Ximena Suárez. O médico informou que Ximena, comissária de bordo passa bem e que Rafael e Alan chegaram no local muito feridos.

Rafael teve um problema respiratório, fraturas nas costelas e passou por uma cirurgia, mas encontra-se estável.

Alan teve muitas lesões, inclusive na região da coluna, foi operado e depois transferido para outro hospital. O lateral esquerdo corre o risco de ficar paraplégico, entretanto e felizmente, isso não é uma certeza. Os médicos fazem o possível para que ele se recupere bem e não perca os movimentos dos membros inferiores, mas dependem da forma como o corpo do atleta responderá ao tratamento.

Alan está estável.

Molina disse que esteve em contato com o diretor do hospital San Vicente, que recebeu os atletas Danilo e Jackson, ambos goleiros do Chapecoense. Segundo Molina, o diretor da unidade disse que o jogador não resistiu aos ferimentos, sendo o único dos que foram resgatados com vida, a vir a óbito no hospital. Guillermo também disse que, pelo que entendeu, o goleiro reserva Jackson, precisou passar por uma cirurgia de amputação de uma perna.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

O médico também falou do jogador Neto, que chegou no hospital em estado grave, com múltiplas fraturas, algumas expostas. Ele passou por uma cirurgia e encontra-se em observação. O atleta também sofreu fortes pancadas na cabeça. O estado de Neto é considerado crítico e ele ficará em observação pelas próximas doze horas.

A imprensa local da Colômbia também citou um outro sobrevivente, o comissário de bordo que estaria se preparando para ser piloto, Erwin Tumiri.

O diretor do hospital não passou nenhuma informação sobre o tripulante, mas como as vítimas foram levadas para três hospitais da região, pode estar sendo atendido em algum deles.

Com o acidente, o Atlético Nacional solicitou que a Commebol dê o título de campeão da Copa Sul-Americana de 2016, para o Chapecoense. O clube brasileiro, Atlético Mineiro, pediu o cancelamento das partidas contra o Chapecoense, pelo Campeonato Brasileiro, que se encerra nas próximas semanas.

O clube perdeu a maior parte de seus jogadores no acidente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo