Após perderem os jogos de ida das semifinais da Copa do Brasil, Internacional e Cruzeiro, se quiserem se classificar para a decisão, terão que fazer o que apenas o Santo André conseguiu em 2004. Na ocasião, o time do ABC Paulista foi derrotado pelo XV de Campo Bom (RS) em casa, mas conseguiu levar a vaga para a final ao derrotar os gaúchos no Sul.

Antes, nenhum time que tivesse  perdido o primeiro jogo da semifinal na condição de mandante, seja por qualquer placar, havia conseguido reverter a desvantagem em campo adversário.

E um personagem de 2004 tentará, nesta quarta-feira (2), ter final diferente de 12 anos atrás.

Então desconhecido no cenário nacional, o técnico Mano Menezes dirigia o time gaúcho, que havia deixado pelo caminho o Vasco logo na segunda fase, com direito a uma vitória por 3 a 0, e chegou às semifinais após ter passado também por Portuguesa Santista, Americano e Palmas. O adversário era o Santo André, que também de forma surpreendente tirou o Atlético Mineiro na segunda fase e o Palmeiras nas quartas de finais.

Surpreendente caminhada do Santo André em 2004

No jogo de ida, disputado no Pacaembu, a equipe de Mano Menezes mostrava que faria mais uma vítima depois de ter derrotado os paulistas, do não menos desconhecido Péricles Chamusca, por 4 a 3. Até então, nenhum time que havia vencido fora de casa o primeiro jogo semifinal havia sido eliminado. Mas tabus foram feitos para sequem quebrados.

E foi o que aconteceu na noite de 9 de junho, no estádio Sady Schmidt, em Campo Bom, quando o Ramalhão surpreendeu, vencendo a partida por 3 a 1 e se classificando para a final contra o Flamengo, onde algumas semanas depois calaria o Maracanã e protagonizaria uma das maiores zebras da década passada.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Cruzeiro Sport Club Internacional

Mano Menezes se encontra com sua história

Para Mano Menezes aprontar em cima de Renato Gaúcho o que foi vítima em 2004, o Cruzeiro terá que vencer o Grêmio, às 21h45, na Arena do Grêmio, por diferença de 2 gols, com placar a partir de 3 a 1. Se repetir o escore da ida, 2 a 0, a decisão irá para os pênaltis.

No mesmo horário, no estádio Independência, o Internacional visita o Atlético Mineiro precisando vencer por 1 gol de diferença a partir de vitória por 3 a 1.

Vitória por 1 a 0 dá a classificação ao Galo pelo gol marcado fora de casa e 2 a 1 leva a disputa para os pênaltis.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo