Se, no sábado, o Fluminense escolheu Pedro Abad como seu novo presidente, neste domingo, é a vez de manter o sonho de estar na Taça Libertadores do ano que vem. Com remotas chances de garantir presença no torneio mais importante do futebol sul-americano, o Tricolor das Laranjeiras irá ao Orlando Scarpelli, em Florianópolis e, a partir das 19h30 (de Brasília), encara o Figueirense pelo complemento da penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Diante da necessidade da vitória, o técnico interino Marcão promoveu alterações em todos os setores da equipe. Na defesa, o lateral-direito Wellington Silva e o zagueiro Gum, dois dos mais criticados por parte da torcida, sequer viajaram para a capital de Santa Catarina. Os jovens Igor Julião e Ygor Nogueira, ambos revelados nas categorias de base da equipe carioca, serão os respectivo substitutos.

No meio, sem poder contar com Gustavo Scarpa e Douglas, suspensos, o comandante foi ainda mais radical, alterando o esquema para três atacantes com a entrada de Henrique Dourado. Além disso, para promover o retorno de Wellington, que não participou do último jogo (derrota de 1 a 0 para a Ponte Preta, em Campinas) devido ao terceiro cartão amarelo, sacou o apoiador Marquinho.

Mantido entre os titulares, o centroavante Richarlison garante que, apesar do 11º lugar na classificação da Série A do Brasileiro com 49 pontos, o time ainda buscará uma vaga na Libertadores.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

"Buscaremos vitórias para ficarmos na sétima posição e conquistarmos a vaga na Libertadores. Somos profissionais e temos que honrar a camisa. Se temos chance, precisamos lutar", explicou o camisa 70.

O que pode facilitar a missão do Fluminense no Sul do país é o fato de o Figueirense já estar antecipadamente rebaixado para a Segunda Divisão e, nos últimos dias, ter dispensado sete jogadores (Ayrton, Pará, Elvis, Rafael Silva, Maurides, Diego Torres e Rodrigo Biro), promovendo alguns atletas do Sub-20.

O técnio Marquinhos Santos, no entanto, assegura que quem entrar em campo honrará a camisa da equipe catarinense.

" Permanece a responsabilidade (de vencer), até da minha parte pelos resultados, que incomodam", resumiu o treinador do atual 18º colocado com 34 pontos.

Fluminense e Figueirense disputaram um partida bastante equilibrada no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. No dia 03 de setembro, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, o Tricolor abriu 2 a 0 com Gustavo Scarpa e Renato Chaves, permitiu que Carlos Alberto e Nirley empatassem o confronto, mas, graças a Magno Alves, aos 38 minutos do segundo tempo, deixou o gramado com a vitória.

O Figueira ainda reclamou de um gol anulado de Rafael Moura nos acréscimos. Segundo a arbitragem, o centroavante, antes de cabecear para as redes, fez falta no goleiro Diego Cavalieri.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo