Juntos eles somam 15 títulos do Campeonato Brasileiro, quatro Copas do Brasil e duas Copas Libertadores da América – sem falar nos inúmeros estaduais e os Torneios Rio-São Paulo. É impossível contar a história do Futebol brasileiro sem falar nesses clubes, por onde passaram alguns dos maiores jogadores que o futebol mundial já produziu. Com tudo isso, já dá para se ter uma ideia da tradição que Botafogo, Palmeiras e Vasco da Gama possuem.

No entanto, graças a uma combinação de acontecimentos desastrosos em cada um deles, o próximo Brasileirão reserva um detalhe inusitado envolvendo os três: será a primeira vez desde 2012 que todos disputam a primeira divisão simultaneamente.

Naquele ano, o Palmeiras foi rebaixado, repetindo o que aconteceu dez anos antes – em 2002, o clube havia caído de divisão pela primeira vez em sua história. Foi campeão da Série B em 2013, voltou à elite em 2014 e, apesar de só se livrar de novo rebaixamento na última rodada – e do vexame durante a comemoração do centenário alviverde –, foi dos três times, o que melhor soube se reerguer: venceu a Copa do Brasil em 2015 e, esse ano, seu nono Campeonato Brasileiro.

A partir daí, foi a vez de os cariocas se alternarem entre as Séries A e B. Quem se complicou em 2013 foi o Vasco, que, após sofrer uma goleada por 5 a 1 do Atlético Paranaense, acabou na zona de descenso. No ano seguinte, em que o Botafogo voltou a disputar a Libertadores após quase duas décadas, uma sequência de trapalhadas da diretoria fez com que o time de General Severiano não só desse vexame na competição continental, como também terminasse na vice lanterna da nacional.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

Após passar por trancos e barrancos na segundona, o clube cruzmaltino retornou em 2015, mas tornou a cair no mesmo ano, graças a um primeiro turno particularmente catastrófico. Enquanto isso, o Botafogo subia com a faixa de campeão no peito, para fazer uma campanha excedendo expectativas em 2016, ano em que o Vasco só foi promovido na última rodada.

Entre todos os clubes grandes do Brasil que disputaram a segunda divisão, Botafogo e Vasco da Gama são os únicos a terem subido sem serem campeões – o primeiro em 2002 (em que se pese que disputou o título com o próprio Palmeiras) e o segundo em 2013 e 2015.

O Vasco também é o recordista de rebaixamentos na era dos pontos corridos, ao lado do Vitória: três vezes cada.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo