Os nomes continuam surgindo nas Laranjeiras. No início da tarde desta terça, após o volante Wellington Martins e do atacante Zé Love, foi a vez do zagueiro Neris, de 24 anos, que, no último Campeonato Brasileiro, defendeu o Santa Cruz. O defensor teria sido um pedido de Abel Braga, mesmo antes de ele ter sido confirmado como o treinador do Fluminense para a próxima temporada.

Nascido em Tucuruí, cidade do interior do estado do Pará, Neris iniciou a sua carreira em 2011, bem distante de sua casa, mais precisamente no Futebol de Santa Catarina.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Seu primeiro time foi o Camboriú, permanecendo por lá durante três temporadas. Em 2014, transferiu-se para o Brusque, onde se destacou e, no mesmo ano, acabou sendo contratado pelo Avaí.

No Leão da Ilha de Florianópolis, teve participação direta no acesso para a Série A, mas não permaneceu em 2015, indo vestir a camisa do Metropolitano, antes de reforçar o Santa Cruz.

Em 2016, mesmo com o Tricolor Pernambucano sendo rebaixado para a Segunda Divisão, chamou a atenção pelo espírito de liderança, rendendo-lhe, inclusive, o apelido de "Xerifão do Arruda". Antes do Flu, recebeu sondagens de Internacional, São Paulo e Atlético-PR, mas essas três negociações acabaram não evoluindo.

O contrato de Neris com o Santa Cruz se encerrou no último dia 10 de dezembro. Seus direitos federativos pertencem ao Barra FC, de Santa Catarina.

O sistema defensivo é um dos que vêm sendo motivo de preocupação para o Fluminense. Thiago Heleno, do Atlético-PR, está sendo monitorado e também tem chance de desembarcar nas Laranjeiras.

Os melhores vídeos do dia

Dois laterais-esquerdos, um lateral-direito e um centroavante são os outros alvos do Tricolor antes do início de 2017.

Até o momento, as únicas contratações sacramentadas são as dos equatorianos Jefferson Orejuela (volante) e Junior Sornoza (meia), destaques do Independente Del Valle, vice da última Taça Libertadores. Os dois se integram ao Fluminense no próximo dia 04 de janeiro, assim como aqueles que não enfrentaram o Internacional na rodada de encerramento do Campeonato Brasileiro. Uma semana depois, acontece a reapresentação dos demais atletas. Ainda no primeiro mês do ano que vem, no dia 25, o Tricolor estreia na segunda edição da Copa da Primeira Liga, torneio do qual é o atual campeão, encarando, em local indefinido, a partir das 21h45 (de Brasília), o Criciúma.