Convocados por Rogério Micale na última quarta para a Seleção Brasileira Sub-20 que, a partir do próximo dia 18 de janeiro, disputará, no Equador, o Campeonato Sul-Americano da categoria, o volante Douglas e o atacante Richarlison se tornaram um problema para o Fluminense. Isso porque os dois jogadores não participarão da pré-temporada do Tricolor nem dos seus primeiros seis jogos em 2017. Diante disso, a busca por reforços aumentou nos bastidores das Laranjeiras.

Publicidade
Publicidade

A diretoria comandada pelo futuro presidente Pedro Abad (assume no próximo dia 20 de dezembro), juntamente com o novo técnico Abel Braga, vem trabalhando em silêncio e a expectativa é de, antes do final de 2016, haver o anúncio de duas a três contratações.

Nomes vêm surgindo constantemente nas redes sociais. Os meias Thiago Neves e Dario Conca, o lateral-esquerdo Carlinhos e os atacantes Diego Tardelli, Téo Gutierrez e Gustavo Bou foram alguns dos especulados dentro dos corredores da sede de Álvaro Chaves.

Publicidade

No momento, de concreto apenas os equatorianos Jefferson Orejuela (volante) e Junior Sornoza (apoiador), destaques do Independente Del Valle, atual vice da Taça Libertadores.

Outra pendência a ser resolvida pelo Fluminense é organizar o seu departamento de futebol. Segundo Pedro Abad, Marcelo Teixeira, antes responsável pela base, em Xerém, virá trabalhar no profissional. Já para a função de gerente-executivo, vaga desde a saída de Jorge Macedo, o alvo é Alexandre Mattos, que segue negociando sua permanência no Palmeiras.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Vinculado ao Flamengo, Fernando Gonçalves surge como uma segunda opção.

Quem também pode surgir é Alexandre Torres, filho de Carlos Alberto Torres, capitão do tri de 1970 e falecido recentemente. Revelado no próprio Tricolor, o ex-lateral-direito e zagueiro, antes, necessita desvincular-se do Manchester United, da Inglaterra, clube do qual trabalha como colaborador.

Enquanto isso, o Flu se prepara para se despedir da atual temporada.

Com 49 pontos e em 12 lugar, a equipe das Laranjeiras, não tendo qualquer pretensão de vaga na Taça Libertadores, mas, pelo menos, garantida na Copa Sul-Americana, tenta acabar com o jejum de nove jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro no domingo que vem, encarando, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, região metropolitana do Rio de Janeiro, a partir das 17h (de Brasília), pela última rodada da Série A, o Internacional.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo