O meia Andrés D'Alessandro vai estar com o Internacional na temporada de 2017. Seu último jogo com o River Plate foi na última quinta-feira (15/12), com a conquista da Copa da Argentina.

D'Ale concedeu uma entrevista coletiva nesta sexta. Ele confirmou a sua presença no clube gaúcho e mostrou disposição em ajudar o time a voltar à primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

"Volto ao Brasil. Estarei no Inter para devolver o clube para onde deve estar", disse.

O River Plate conquistou a Copa da Argentina ao vencer o Rosario Central por 4 a 3 no Estádio Mario Kempes, em Córdoba. D'Alessandro participou do jogo, deixando o campo quando o placar apontava 3 a 2 para o adversário. Os Millonarios reagiram e venceram de virada, e D'Ale voltou ao gramado para levantar a taça de campeão.

Andrés D'Alessandro, de 35 anos, estava emprestado ao River Plate desde o início deste ano.

Foi o retorno do jogador argentino ao clube que o projetou na carreira. Pelos Millonarios, o meia também venceu a Recopa Sul-Americana.

O vínculo de D'Alessandro com o Internacional começou em 2008. O jogador já havia passado por Wolfsburg, Portsmouth, Zaragoza e estava emprestado ao San Lorenzo quando o clube gaúcho resolveu apostar no argentino. Logo em sua primeira temporada no colorado, o meia ajudou a conquistar a Copa Sul-Americana em cima do Estudiantes.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

D'Ale tem um histórico de conquistas pelo Internacional. Foi campeão da Taça Libertadores da América de 2010 e da Recopa Sul-Americana do ano seguinte. Seu último título antes de deixar o Inter foi a Recopa Gaúcha de 2016 em cima do São José, jogo que também foi válido pela primeira rodada do Campeonato Estadual. O meia ainda tem mais seis conquistas do Gauchão.

O jogador já planejava um retorno a Porto Alegre para a disputa da Série B de 2017.

No domingo em que o clube colorado havia sido rebaixado, D'Alessandro estava em campo pelo River Plate no jogo contra o Boca Juniors, no Monumental de Nuñez. Ele se dirigiu ao vestiário aos prantos e, segundo o jornal Olé, disse que havia sido seu último jogo em casa com a camisa do River. Na quinta, ele fez sua despedida em Córdoba, contra o Rosario Central.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo