O Campeonato Brasileiro 2016 chegou ao fim. Sem grandes novidades, uma vez que o Palmeiras foi campeão com um jogo de antecedência, a rodada foi repleta de homenagens à Chapecoense, que recebeu manifestação de apoio em todos os nove jogos desse domingo, 11.

O São Paulo Futebol Clube, fez 5x0 sobre o já rebaixado, Santa Cruz. A vitória não foi difícil, já que os atletas do clube adversário já não tinham pelo que lutar, mas o placar serviu de incentivo para o torcedor e também para os atletas, já que a maior parte deles continuará na temporada de 2017.

O destaque mesmo não fica só com a vitória, mas com o uniforme que o São Paulo confeccionou, exclusivamente para a partida, onde o nome dos patrocinadores foram substituídos pelo logo da Chapecoense, da CBF em Luto e pelos dizeres #ForçaChape.

Com Rogério Ceni, o maior goleiro artilheiro do mundo, que figura no livro dos recordes, a torcida está confiante de que o time pode voltar a ser o soberano de outrora, quando garantia vários troféus dentro e fora do país.

O clube não garantiu uma vaga para a Copa Libertadores, mas no próximo ano pode lutar por uma vaga tanto no Brasileirão, quanto na Copa do Brasil.

Encerrando o campeonato em 10ª colocação e com 49 pontos, o clube garante uma vaga na Copa Sul-Americana. O time, aliás, é um dos dois únicos brasileiros que sagraram-se campeões da competição continental. Nesse ano, o título foi entregue para a Chapecoense, a pedido do Atlético Nacional, após a tragédia que matou quase todos os jogadores do clube catarinense.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
São Paulo FC

O outro clube brasileiro que já conquistou o título é nada mais, nada menos, que o colorado, o Internacional. O time de Renata Fan, um dos principais do futebol brasileiro e dono de uma história esportiva de sucesso, não desenvolveu um bom futebol nas 38 rodadas do Brasileirão e amargou a segunda divisão.

Com a queda do Inter, São Paulo, Cruzeiro, Santos e Flamengo, passam a ser os únicos clubes grandes da elite do futebol nacional, que nunca caíram para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Com cerca de 4 a 5 semanas de descanso, jogadores do São Paulo retornarão para os treinos em janeiro, a fim de seguir as técnicas orientadas pelo Rogério, vulgo ‘mito’, e estrear no Campeonato Paulista com maestria ou no mínimo, com a pegada determinada e focada que marcou a história do tricolor e o tornou um dos maiores clubes de futebol do mundo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo