Ir trabalhar em um país de cultura bastante deferente do Brasil pode trazer alguns problemas, caso a pessoa não se atente para alguns costumes ou leis locais. E foi o que aconteceu com o ex-zagueiro do São Paulo e Santos, Bruno Uvini, atualmente jogador do Al Nassr, da Arábia Saudita.

O jogador foi advertido pelo comitê Saudita para a Promoção da Virtude e a Prevenção do Vício (CPVPV). O motivo? Ter jantando com sua esposa em um restaurante em um setor exclusivo para homens.

Além da esposa, Bruno também estava acompanhado de alguns amigos. O local dispõe de áreas para homens e outro para famílias e mulheres. O atleta se desculpou dizendo que não conhecia a cultural local e que o fato não mais se repetiria.

Seguindo rigidamente a Lei Islâmica, as leis locais impõe a segregação dos sexos em espaços públicos. Dentre algumas restrições, as mulheres só podem viajar acompanhadas de um homem da família e também não falar com homens que não sejam familiares.

Também são proibidas de dirigir ou participar de competições esportivas e até mesmo entrar em cemitérios. Ir ao médico somente se forem acompanhadas por um homem da família, podendo ser o marido, pai ou irmão.

Recém-chegado

Natural da cidade de Capivari, Bruno Uvini chegou ao Al-Nasser da Arábia Saudita no segundo semestre deste ano, após uma temporada no Twente, da Holanda. O clube é o quinto estrangeiro na carreira do jogador, que também teve passagens pelo Napoli (Itália), além de Siena (França) e Tottenham (Inglaterra), porém, nestes dois últimos ele não chegou a entrar em campo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Santos São Paulo FC

No Brasil, ele iniciou nas categorias de base do Capivariano, depois foi para o Pão de Açucar (atual Osasco Audax) e posteriormente para o São Paulo, onde se profissionalizou em 2010. No tricolor disputou 9 jogos e não balançou as redes. Em 2014, foi emprestado pelo Napoli ao Santos, fez 11 jogos e marcou dois gols. Em 2015 foi jogar na Holanda, onde, defendendo o Twente, participu de 34 partidas e marcou dois gols.

Foi medalha de prata com a Seleção Brasileira nas Olimpíadas de 2012, em Londres.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo