O avião da empresa aérea LaMia partiu do aeroporto de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, com o objetivo de pousar no aeroporto de Medellín, Colômbia, a cidade na qual os jogadores disputariam a final da copa Sul-americana. Entretanto, a aeronave perdeu contato com a torre a poucos minutos do aeroporto. O motivo da queda foi a falta de combustível seguido de uma pane geral.

O resultado foi 71 mortes e apenas 6 sobreviventes da tragédia.

Matheus Biteco, de 22 anos, foi uma das vítimas fatais do grande acidente.

Daielli, que é viúva do jogador, vem utilizando de suas redes sociais para publicar lembranças de seu marido. Ela conta que o que mais a confortou após a tragédia foi saber que seu marido havia sido batizado e que estaria bem, pois estava próximo a Deus. Ela continua dizendo que havia sido naquele dia que eles tinham decidido entregar suas vidas a Jesus Cristo e que tinham conhecimento de sua grandiosidade e dos planos perfeitos que ele tinha para a vida do casal.

Logo após toda essa repercussão, a viúva decidiu publicar um Vídeo no qual pode-se ver o marido pregando na igreja e falando da necessidade que temos de buscar a Deus a todo momento. No vídeo, podemos ver o jogador relatando que nosso alimento é Deus e ele pergunta, aos presentes, como anda a busca por Deus por todos os dias. Conta ainda que antes de fazer estas perguntas ele havia se perguntado como ele andava buscando a Deus e se estava agindo de maneira correta.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

Na legenda do vídeo, Daielli comentou que devemos buscar e clamar a Deus pois só ele pode nos ajudar a superar o insuperável. Continuou dizendo que "aquela era umas das lembranças mais lindas que tinha em sua vida, ver seu marido pregado a palavra de Deus a deixou muito feliz". Finalizou o comentário com o versículo 7 do capítulo 4 de II Timóteo: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé”.

A tragédia comoveu o mundo do futebol pois a Chape era vista como um grupo guerreiro e que merecia ganhar o título. O time rival, Atlético Nacional de Medelin, decidiu abrir mão do título e pediu para que a organizadora desse ao clube catarinense, juntamente com o prêmio financeiro.

Confira o vídeo da pregação:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo