Neymar e Robinho protagonizaram uma verdadeira festa na noite desta quinta-feira (22), no Pacaembu, em São Paulo. A dupla de amigos boleiros organizou um amistoso, que reuniu personalidades do futebol, de outros esportes, da música e da televisão, com a presença de mais de 30 mil pessoas. A renda toda foi revertida para o Instituto Neymar e outras entidades assistenciais. O nome do evento não podia ser outro: Ousadia x Pedalada, lembrando dois motes dos craques do Barcelona e do Atlético-MG, respectivamente.

A partida teve 22 gols e a vitória da equipe Ousadia por 13 a 9. Participaram da brincadeira solidária Gabriel Jesus, Kaká, Nenê, Luan, o ex-jogador Denilson e Falcão, do futsal. Participaram também os cantores Wesley Safadão, Nego do Borel, César Menotti, Gusttavo Lima, Marrone, os atores Caio Castro e Marco Luque e os esportistas Gabriel Medina, Bruninho e Felipe Massa. Até a Chapecoense foi lembrada, com homenagens e minuto de silêncio antes do jogo por conta do acidente aéreo que matou 71 pessoas em novembro na Colômbia.

Safadão brilhou no jogo. Com um rolinho e um pênalti cobrado com cavadinha, o cantor levou o público à loucura e foi mais festejado até que Neymar.

Empolgado com o evento, o atacante barcelonista anotou quatro tentos, festejou a união em prol de projetos sociais e agradeceu quem foi ao Pacaembu para assistir à partida. “O mais importante é poder reunir os amigos, se divertir e ainda ajudar as pessoas que precisam”, afirmou o atleta após a festa.

Robinho fala sobre interesse do Santos

O atacante Robinho foi perguntado do possível interesse do Santos na sua contratação para 2017, mas deu a entender que permanecerá no Atlético-MG, cujo contrato com o clube mineiro vai até o fim de 2017.

“Respeito muito o Santos, mas estou focado no Atlético”, falou.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Santos Neymar

Kaká elogia Ceni e pode voltar ao São Paulo em 2018

Outra estrela no jogo beneficente, Kaká comentou sobre seu retorno ao futebol brasileiro. Com contrato até o fim de 2017 com o Orlando City, ele confirmou que seguirá nos Estados Unidos, mas deixou em aberto quanto a 2018. A especulação que existe é de que ele possa retornar ao São Paulo.

"O ano de 2017 será no Orlando City. A especulação é em relação a 2018. Esse é meu último ano de contrato com o Orlando, mas, enfim, minha ideia, em princípio, é ficar por lá", declarou.

O meia-atacante também comentou sobre Rogério Ceni como treinador do São Paulo. Segundo Kaká, Ceni é muito inteligente e tem tudo para fazer um bom trabalho no Tricolor.

"Eu fiquei com muita vontade de voltar depois do Ceni. E vou torcer muito. A expectativa é a melhor possível”, finalizou.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo