O Palmeiras, atual campeão brasileiro, sofreu um duro golpe nesta semana. Cuca, que treinou a equipe durante todo o período, confirmou sua saída do comando técnico alviverde. De acordo com informações do próprio treinador, a ideia é ficar parado por pelo menos seis meses para cuidar de questões familiares.

Pego com 'as calças nas mãos', o Alviverde retornou ao mercado para buscar um substituto. O projeto para 2017 é ambicioso e envolve a disputa da Copa Libertadores.

Todos os esforços serão voltados para a conquista da competição continental, mesmo sabendo da dificuldade e principalmente do tamanho: vai até novembro.

Alberto Valentim, auxiliar fixo do Verdão, teve seu nome ventilado para ser efetivado. A inexperiência, no entanto, foi levada em consideração e o nome foi descartado. Técnicos estrangeiros também não são bem vistos. Paulo Bento, que dirigiu o Cruzeiro, é um exemplo clássico do que não deu certo.

Um exemplo mais próximo ainda é Ricardo Gareca, que ficou menos de 15 jogos no Verdão, trouxe uma legião de argentinos e quase contribuiu para a terceira queda para a segunda divisão da história.

Reinaldo Rueda, do Atlético Nacional, foi oferecido para o São Paulo recentemente. Seria outra possibilidade se não fosse o receio dos palmeirenses.

Opção vem do interior

Roger Machado acertou com o Atlético-MG e Abel Braga com o Fluminense.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

Ou seja, dois nomes que estavam também no radar acabaram indo para outros clubes. A opção mais viável foi então Eduardo Baptista, técnico atual da Ponte Preta.

Filho do ex-treinador Nelsinho Baptista, começou sua carreira como auxiliar no Sport. Depois defendeu o Fluminense e foi demitido. Na Ponte, chamou a atenção do Corinthians por conta dos bons resultados. Após ser consultado, resolveu dar um não para a diretoria alvinegra e seguir na equipe interiorana.

Baptista participou de reunião com dirigentes do Palmeiras, segundo anunciou o Diário Lance. A proposta foi feita e agora o Verdão aguarda a resposta. O técnico tem contrato com o time de Campinas até o final de 2017 e o clube paulista terá que pagar a multa rescisória caso queira mesmo contar com ele para o próximo ano.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo