Desde a noite de segunda-feira, momento do trágico Acidente que envolveu a delegação da Chapecoense em Medellín, o povo colombiano vem impressionando pelas demonstrações de auxílio, afeto e solidariedade. Na quarta, data em que ocorreria a partida de ida da final da Sul-Americana entre Nacional e Chapecoense, mais de 40 mil pessoas foram ao estádio Atanasio Girardot não para assistir futebol, mas para prestar condolências as vítimas da tragédia.

Publicidade
Publicidade

Para o Atlético Nacional, que seria o rival da Chape na decisão do torneio, as homenagens seguirão. Vale lembrar que partiu do clube a ideia de dar o título da Sul-Americana à Chapecoense, algo que deve ser confirmado oficialmente nos próximos dias pelo Conmebol. Agora, os colombianos falam em vencer o Mundial de Clubes e dedicar ao time catarinense. Campeão da Libertadores, o Nacional se prepara para a disputa no Japão.

Publicidade

"Disse aos meus jogadores que a melhor homenagem que podemos fazer à Chapecoense é disputando um Mundial digno. Quem sabe chegar a uma grande final. Tomara que cheguemos. Que Deus nos permite oferecer esse título aos nossos companheiros do Brasil. Esta final que não fizemos contra eles, por um erro e uma negligência absurda, vamos dedicar ao povo e às famílias. Espero que a gente faça uma boa viagem ao Japão e um bom campeonato", disse Reinaldo Rueda, técnico do Nacional, em entrevista à Rádio Gaúcha.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Por ter vencido a Libertadores no primeiro semestre, o Atlético Nacional conquistou o direito de disputar o Mundial de Clubes no final do ano, torneio sempre muito objetivado pelos clubes brasileiros, que tiveram como último representante campeão o Corinthians, de Tite, no ano de 2012.

Os colombianos farão sua estreia na competição no próximo dia 14, contra um adversário ainda a ser definido pelo chaveamento do torneio.

Caso avance, a final poderá ser contra o estrelado time do Real Madrid, do técnico Zinedine Zidane, que venceu a última edição da Champions League e também adquiriu o direito de disputar a competição no Japão.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo