Após empates diante de Palmeiras e Joinville, a Chapecoense venceu, neste domingo (29), seu primeiro jogo após o início de sua reconstrução. Exatamente dois meses após o acidente que vitimou atletas, comissão técnica e jornalistas na Colômbia, a Chape bateu o Inter de Lages, por 2 a 1, na Arena Condá, iniciando com o pé direito a briga pela manutenção do título do #Campeonato Catarinense.

Com um time bem diferente do que enfrentou o Joinville na quinta-feira (26), pela Primeira Liga, a Chape só precisou de 5 minutos para fazer a alegria do torcedor, quando Rossi avançou em velocidade pela direita e cruzou para Niltinho fazer 1 a 0.

O Inter quase empatou aos 28 minutos. O zagueiro Douglas Grolli errou o carrinho em Parrudo, que foi até a linha do fundo, driblou o marcador e chutou para ótima defesa do goleiro Arthur Moraes.

Explorando bastante as laterais do campo, a Chape ampliou aos 41 minutos, novamente em jogada que teve participação de Rossi. O jogador puxou contra-ataque pela esquerda e inverteu para Andrei Girotto. O jogador serviu Wellington Paulista, que da meia-lua bateu no canto do goleiro Neto Volpi.

Aos 13 minutos do segundo tempo, em nova jogada pelas pontas, Rossi fez novo cruzamento para Niltinho, mas desta vez a bola foi por cima do gol. Aos 15’, o goleiro do Inter teve que trabalhar em um chute forte de Niltinho. O Inter descontou aos 22 minutos com um chute de primeira de Ernecino, mas a reação parou por aí.

Os melhores vídeos do dia

Aos 26 minutos, que somados aos 45 do primeiro dá 71, os torcedores lembraram as 71 vítimas do acidente aéreo de novembro passado. O árbitro Sandro Meira Ricci paralisou a partida por um minuto para que as homenagens fossem feitas. Isso será feito durante todo o ano em jogos na Arena Condá,

A #Chapecoense voltará a jogar na próxima quarta-feira (1º), quando visita o Tubarão, em jogo marcado para as 19h30. No mesmo dia, mas às 20h30, o Inter buscará sua recuperação jogando em casa contra o Almirante Barroso.

Chapecoense: Arthur Moraes; João Pedro, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Amaral, Andrei Giroto (Nadson) e Nenén; Rossi, Wellington Paulista (Túlio de Melo) e Niltinho (Osman). Técnico: Vagner Mancini.

Inter de Lages: Neto Volpi; Marcelinho, Fernando Belém, Renato Camilo e Jefinho; Bruno, André Gava (Mateus Arence) (Parrudo), Michel Schmöller e Enercino; Luizinho e Marquinhos (Higor Ganso). Técnico: Joel Cornelli. #FutebolBrasileiro