Corinthians e São Paulo se enfrentam pela primeira vez fora do Brasil. E já vale taça! Tudo bem que a Flórida Cup é apenas um torneio amistoso, de preparação para a temporada 2017, mas a rivalidade entre as duas equipes já impõe um pouco mais de seriedade dos dois lados. A partida ocorre às 21h (horário de Brasília) deste sábado em Orlando (EUA) e será transmitida pela Bandeirantes, Sportv e Esporte Interativo.

Este será o 11º confronto entre as duas equipes que valerá um título. Na História, o Corinthians leva vantagem diante do São Paulo, com seis conquistas contra quatro do São Paulo.

A primeira final entre ambos ocorreu também em um torneio amistoso internacional. Disputado na capital paulista, o Tricolor do Morumbi conquistou a I Copa São Paulo nos pênaltis (4 a 3) após empate por 2 a 2 no tempo normal.

Já em 1982 a decisão era pelo Campeonato Paulista. E os alvinegros, liderado por Sócrates, se deram bem. Após duas vitórias diante do rival (1 a 0 e 3 a 1), o time de Parque São Jorge ficou com o caneco. No ano seguinte, nova decisão entre são-paulinos e corintianos pelo Paulistão, com novo título para os últimos, após triunfo por 1 a 0 e empate por 1 a 1.

Em 1987 foi a vez do São Paulo erguer a taça estadual, após derrotar o Corinthians por 2 a 1 e empatar sem gols. Três anos mais tarde, o Coringão encerraria seu jejum nacional ao conquistar o Campeonato Brasileiro com duas vitórias por 1 a 0 diante do Tricolor de Telê Santana e Raí. No ano seguinte, a dupla deu o troco no Paulistão e, com uma atuação de gala do meia no primeiro jogo (3 a 0), a volta ficou em um empate sem gols e o título foi para o Morumbi.

Outra decisão ocorreu apenas em 1998 e teve Raí como protagonista novamente.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Corinthians São Paulo FC

Na primeira partida o Corinthians venceu por 2 a 1. Raí, que acabara de ser repatriado da França, chegou para o segundo jogo e foi decisivo no triunfo por 3 a 1, com um gol e passes para França deitar e rolar na defesa alvinegra. Este foi o último título diante do Corinthians, que passou a dominar as decisões dali em diante.

Em 2002, por exemplo, os corintianos levantaram o troféu do Rio-São Paulo após empate por 1 a 1 e vitória por 3 a 2. Na decisão do Paulistão do ano seguinte, nova festa alvinegra depois de dois triunfos por 3 a 2. O último encontro das equipes ocorreu na Recopa Sul-Americana de 2013. E o Corinthians levou a melhor novamente: vitória por 2 a 1 e 2 a 0.

Rivalidade à prova

As duas equipes deverão ter muitas mexidas em relação à semifinal, já que os atletas ainda não estão em condição ideal e o tempo de recuperação é menor – o São Paulo, por exemplo, jogou na quinta contra o River Plate. Ajuda, porém, o fato de que é possível trocar todas as peças em campo durante a partida.

Até por isso, o lateral-direito do Corinthians Fagner pede para não haver cobrança neste momento de princípio de trabalho com o novo treinador Fábio Carille. “Ainda falta muito para chegarmos ao nosso ideal.

Independentemente do resultado, vamos procurar fazer o nosso melhor”, disse.

Já o zagueiro são-paulino Lugano rechaça esse clima de pré-temporada e defende que agora é um campeonato. “Ninguém vai entrar nesse jogo para perder. Tem de entrar para ganhar. A mentalidade precisa ser essa. Não sei qual equipe o Rogério irá utilizar, mas temos que ir com foco total”, declarou o uruguaio.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo